Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não me recordo... [Soneto cumplicidade]

Não me recordo...
Celso Gabriel 'Boaratti' de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Poeta da Vida® - Querubim Poeta® - Encantador de Palavras®
Concebida em: Piracicaba-SP, 24/março/2020 – 23h38







Minha dor chama-se solidão,
Faz-se por habitar minh'alma,
De certo já 'nasceu' com este,
Será companheira até o final;

Tem ora que me fere n'âmago,
Tem ora que me acolhe plena,
Me 'divide' tal e me faz 'inteiro',
Traz razão e u'mar d'emoções;

Sufoca na voz, 'seca' palavras,
'Liberta' saudades nesta pele,
Faz destes tolos olhos 'sorrir';

Se lhe aceitei, não me recordo,
Suporto-a ou 'esta' me suporta,
Não vivemos longe um d'outro.
CeGaToSí
Enviado por CeGaToSí em 25/03/2020
Código do texto: T6897127
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
CeGaToSí
Piracicaba - São Paulo - Brasil, 60 anos
2051 textos (25591 leituras)
16 áudios (515 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/08/20 09:35)
CeGaToSí