Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Falso gáudio... [Soneto reflexão]

Falso gáudio...
Celso Gabriel 'Boaratti' de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Poeta da Vida® - Querubim Poeta® - Encantador de Palavras®
Concebida em: Piracicaba-SP, 22/março/2020 – 11h33







Consciente da máscara d'este falso gáudio faço por sobreviver,
Vivo, pois entre a fantasia e realidade que me consome n'alma,
Crendo, ora desacreditando do bem e do mal que se manifesta,
Distante de intrigas, de víboras palavras e dos punhais d'amor;

Sigo no tempo que me acolhe e que a este também vai findando,
Este meu pensar faz-se passado e lembranças de outrora nos olhos,
Percorro campos sensoriais d'este viver ainda presente e palpável,
A essência de minha existência, alegria, dores e boas felicidades;

É-se tantos mundos dentro d'um mesmo ser e tão vazio se vive,
Há tantas 'roupas' já vestidas e outras tantas ainda para se vestir,
'Algumas' de verdade não mais me servem outras ainda consolam;

Meu alento é que não sou o único que por tudo isso irá 'passar',
Democrática se fazem as saudades, a solidão e o suave silêncio,
O veneno 'nasce' na mente, o antidoto chama-se humildade e Fé.
CeGaToSí
Enviado por CeGaToSí em 22/03/2020
Código do texto: T6894014
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
CeGaToSí
Piracicaba - São Paulo - Brasil, 60 anos
2063 textos (25691 leituras)
16 áudios (515 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/08/20 03:06)
CeGaToSí