Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO DE DESPEDIDA

Ao cair da tarde a saudade  é tanta
Vindo o por do sol onde a noite espreita
Cálida sopra brisa e o crepúsculo deita
Nesta terra fúnebre que a semente planta.

O peito soluça travando a garganta
Rubro o céu se mostra fazendo lembrar
Lindas andorinhas voando a bailar
Trazendo a saudade fiel ajudanta.

Sei desta jornada tu não voltas mais
A falta em meu peito para sempre jaz
Do meu último abraço que te dei em vida

O céu testemunha fazendo o cortejo
Lembrarei pra sempre do teu último beijo
Que foi meu desejo como despedida.

Thiago Alves
A Arte de Thiago Alves
Enviado por A Arte de Thiago Alves em 13/01/2020
Código do texto: T6841197
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
A Arte de Thiago Alves
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 60 anos
215 textos (20035 leituras)
30 áudios (126 audições)
3 e-livros (111 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/20 16:03)
A Arte de Thiago Alves

Site do Escritor