Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BÚSSOLA

Rumo ao norte me pôs teu dadivar…
Em teus olhos criou-se elevação
do pulsar mais ditoso e o coração
afogou-se tão gabo a se plasmar.

Rumo ao ego quem dera me moldar…
Meu apreço é quase uma adoração!
Em razão do fortúnio a inspiração
do presente não pode censurar.

A finura é em ti mais que divina…
A desordem do olhar tão cristalina
quão sem jeito agradeço, tão singelo!

Rumo ao norte! Que norte há no presente?
Essa bússola se faz onipresente
como o ar que respiro e que anelo!
GERAILTON CAVALCANTE
Enviado por GERAILTON CAVALCANTE em 10/08/2018
Código do texto: T6415284
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GERAILTON CAVALCANTE
Luis Gomes - Rio Grande do Norte - Brasil, 45 anos
338 textos (15239 leituras)
1 e-livros (55 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/08/18 10:07)
GERAILTON CAVALCANTE