Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SÓ LOUCO

Eu sou o louco que pluraliza o singular;
Que permite-se chorar, gritar de dor;
Desaguar minhas intimas emoções d'amor;
Que inflama num oscilar em gotas de mel.

Sou a paranoia constante que os outros possuem;
Por estarem preso ao que criem e nunca amim;
Uma lembrança que não podem rasgar por nada;
Enquanto em memória eu estiver em sã consciência

Estou louco sim, e por isso fustigam as lamentações;
Do que julgam-me em versos reais com dores de parto;
Lamento, sou eu que digo da minha sã loucura;
Que não prostitui os sentimentos d'alma em vida;
Versos dos quais eu planto para ser o amor em loucura..
Sérgio Gaiafi
Enviado por Sérgio Gaiafi em 25/06/2020
Código do texto: T6987556
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Sérgio Gaiafi
Campina Grande - Paraíba - Brasil, 54 anos
1398 textos (9721 leituras)
25 e-livros (340 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/07/20 17:42)
Sérgio Gaiafi