Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

(em)Viado... para Vc

Enviado pelo Maestro e Poeta Sabiá:

Friu, friu, friu!

Olhai o varal
De canários-do-reino
Nos fios de eletricidade.

Estás apressado,
Atônito, sobrecarregado;
E não ouviu?

Afrouxe o nó da gravata,
Safe-se do terno,
Dispense os óculos escuros,
Ilumine os seus olhos,
Retire os sapatos,
Refrigere os calos e joanetes.

Friu, friu, friu!

Trinam, gorjeiam,
A canarinhada,
À fio,
Nos fios.

Crepúsculo
... "uma coisa digo: tudo que aconteceu entre nós foi fantástico. Inebriante. Sublime. Transcendente. Se permitires, farei tudo novamente. Bis; bis!".
                 Ao ouvir isso, o sol com seus fachos de luzes alaranjados radiantes banhando, melodiosamente as entranhas das nuvens, sumira atrás das colinas.

Fim
Mutável Gambiarreiro
Enviado por Mutável Gambiarreiro em 18/10/2019
Reeditado em 18/10/2019
Código do texto: T6772522
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mutável Gambiarreiro
Jegue é - Tovuz - Azerbaijão
2333 textos (54195 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/11/19 09:01)
Mutável Gambiarreiro