Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEIXAR-TE IR!

Hoje, caminhei em minha solidão.
Até aquele lugar aonde teu corpo.
Descansa na escuridão da morte.
A um ano e seis meses te perdi.

Desde esse dia que tento deixar-te ir.
Mas, é difícil não sentir sua falta.
É impossível não chorar por ti.
Sei que pode ser egoismo.
Mas, queria te ter aqui.

Sinto falta dos conselhos.
Sinto falta dos gritos.
Sinto falta das conversas.
Sinto falta de você.

Deixar-te ir é difícil.
Às vezes queria esquecer-te para não sofrer.
Meu Deus como dói ir naquele jazigo.
E ali ver teu nome gravado.
Naquela lápide indicando.

Aqui, é o meu fim.
Aqui, me entregastes a Deus.
Aqui, jaz meu corpo sem vida.
E minha alma no lar celestial está viva.

Uma lágrima invade meu rosto.
Misturada a alegria de saber que és feliz.
E a dor de não te ter aqui.
Porém, apesar, de tudo.
Deixo-te partir.

E desejo que sejas feliz!
Glauciene Carvalho
Enviado por Glauciene Carvalho em 02/11/2019
Código do texto: T6785789
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Glauciene Carvalho
João Pessoa - Paraíba - Brasil
423 textos (7227 leituras)
1 e-livros (10 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/11/19 13:04)
Glauciene Carvalho