Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eco (ou Outra canção para Mallu)

Saudade
a cada dia, maldade...
cresce com suas raízes
Felizes são aqueles
que ainda não
tem saudade no coração

Saudade
ora invade educada
ora silenciosa, covarde
é estrada para varias direções
Queria eu
não saber de tantas
bifurcações

Maldade
a cada dia, saudade
com suas raízes, cresce...
padece o coração
daquele que nunca
esquece, não

Saudade viola
a alma que esmola
por mais redenção
pelo tempo que teve
mas não teve a atenção
que a vida
é sempre interrompida
pois a vida
sempre tem outra intenção


13-07-2019
12h43min
Murillo diMattos
Enviado por Murillo diMattos em 13/07/2019
Código do texto: T6694989
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Murillo diMattos
Casimiro de Abreu - Rio de Janeiro - Brasil
252 textos (2938 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/19 23:22)
Murillo diMattos