Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Palco da vida

A vida é foda,velho
mas se engana
quem pensa que eu não a quero.

A consciência de viver, de morrer
é o que desgraça o próprio ser,
as vezes nos pensamos imortais,
mas as vezes a casa cai.

Ai eu sinto quão a vida é incerta
caminhos escuros, rua indefinida
e tenho a estéril alma deserta
e sinto como é frágil a vida.

Eu tenho a impressão do abandono
como fosse eu um velho cão faminto
ninguém pode conceber o que eu sinto
terrível proximidade do eterno sono.

Meus olhos um dia foram estrelas
que brilhavam nas estradas da vida
hoje ja não brilham, opacas vencidas
seguem sem alma, vazias janelas.

Mas enfim sem medo
como um beijo nefasto
deixo um rastro neste rochedo
que jaz tão gasto
e preso ao chão
e não consegue mostrar-me o porquê?
a razão.

A terra ao meu redor se avermelhava
cuspia sangue, cuspia dor
cuspia gritos, horríveis ruídos
cuspia a vida, em um palco de horror.
alexandre montalvan
Enviado por alexandre montalvan em 27/10/2015
Reeditado em 28/10/2015
Código do texto: T5429092
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Áudio
Palco da Vida - alexandre montalvan

Comentários

Sobre o autor
alexandre montalvan
São Paulo - São Paulo - Brasil
688 textos (30502 leituras)
301 áudios (8307 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/08/20 18:22)
alexandre montalvan