Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRESTE ATENÇÃO: Observe!



............................................................................
Senhor, preciso de um MILAGRE ressuscita me!
https://www.youtube.com/watch?v=rrjhUT0de_Q
.............................................................................


Tem alguém, em silêncio, gritando a seu lado...
Olhe, escute, observe: vá, estenda a mão,
dá um bom dia, um sorriso, um abraço:
é tão barato, custa apenas teu carinho,
que se você cultivar no coração com atenção,
te trará alegrias, e a seus irmãos...


Atenção! Cuidado! Observe! Olhe
para dentro de você: porque estás
a sofrer? Tem se isolado? Se afastado,
com sua dor silenciada, medos
sufocados, escondidos num quarto
fechado... Cultivas sofrimento, em
seu escuro e tristonho silêncio?...


Não! Por favor, preste atenção!
Ame mais a você, saia desse enjaulado:
ande ao sol, ou na chuva, saia pra fora!
Do quarto; da dolorida solidão;
onde você se machuca e se vitupera...

Olhe o dia: O sol nasceu de novo,
como nasce todos os dias! O dia
está claro: Amarelo, iluminado,
colorido, ou cinza escuro, mas está
quente, ou morno, está cheio de vida,
o dia, as pessoas, a praça, os carros,
a calçada com gente circulando...

Vem, me dá um abraço. Vem, eu falo contigo!
Vem, estou de amarelo: cor da amizade,
que nos abraça e nos dá um sorriso amigo;
Vem comigo, vamos tomar um sorvete,
falar de mim, de você, de nossos problemas,
ou apenas rir, e esquecer: gargalhar das
nossas palhaçadas as vezes besteirentas:
e daí, se eu sou cristã? Não posso fazer
nem uma piadinha? Ah, não! Não levemos
a vida tão a sério: não precisa!
Façamos ela mais leve, mais agradável,
menos sólida, mais ventilada, líquida,
gasosa... amorosa, virtuosa, empática...

Tudo passa! Até essa tua tristeza mórbida!
Sai um pouco fora dessa tua dor que te maltrata;
vai, senta na praça: se nenhuma pessoa te ver,
não tem problema: observe os pássaros que
chilreiam à tua volta: um cachorro vira-lata,
que se deita ao teu lado, sem te pedir nada...

Vem: a vida é difícil, mas ainda é bela:
Vem, ainda não chegou a tua horra:
Vem, me dá um abraço: a vida ainda
pode te dar muitos sorrisos: vem, sou
teu amigo, e se eu não puder ser, vem
Jesus Cristo sempre lhe enviará anjos
para te ajudarem: Basta pedir!

Eu te amo, querido ser humano sofredor!
E se seu, pequena mortal, te amo,
e procuro entender as tuas dores,
imagina Jesus Cristo, que não se teve
por maior, mas doou-se, pleno, para
resgatar a minha, e a alma de TODOS
os pecadores: entre, o caminho é estreito,
para qualquer lado que andares: tanto no
bom como no ruim: porque se o caminho bom
é estreito no começo, saiba que o caminho
do mal, aparentemente largo no começo,
termina muito apertado e cheio de dores.

Mas o caminho do bem te trará dificuldades
muitas, e muitas provações e dores: não
será fácil: mas no final terás compensações
que terão valido toda a pena, todas as lutas,
todas as dificuldades: e você sorrirá e verá,
com alegria: Valeu a pena!!!

Deus é amor, e justiça!
E cheio de misericórdia e consolo
para Seus filhos, que a Ele se voltam,
de sincero coração!


EU TE AMO! JESUS CRISTO, MUITO MAIS NOS AMA!
DEUS EMANUEL ESTÁ CONOSCO!
BUSQUEMOS CRER,TER FÉ, CONFIAR, ESPERAR...
e no amor de Deus vamos vivendo e aprendendo
a....... alcançar felicidade...


Que não apenas SETEMBRO seja amarelo!
Mas que todos os meses dos anos sejam de amizades!
AMARELO: luminosidade: alegria: simpatia: sorrisos: dia a dia...

Maria Tereza Bodemer
Enviado por Maria Tereza Bodemer em 06/09/2019
Reeditado em 06/09/2019
Código do texto: T6738761
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Maria Tereza Bodemer - Recanto das Letras). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Tereza Bodemer
Rolim de Moura - Rondônia - Brasil, 56 anos
955 textos (21142 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/19 02:54)
Maria Tereza Bodemer