Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Horas Vazias

As horas se arrastam frias e vazias pelo vão do tempo, que asco. São momentos gris e insípidos que me trazem uma lembrança gélida de algo ruim que vivi. Mas nesse momento, alço vôo para além de mim e sorvo o néctar de flores pelo céu do infinito e em segundos encontro-me envolta em magias e encantos, bricando pelos ares, realizando meus sonhos de menina e o que era gris virou estrelas, lua, sol e arco-íris. Fazendo-me vislumbrar e transbordar de alegria e contentamento. O pulsar do meu espírito foi acariciado pelo afago da vida. Minha alma alegre brinca de roda com o vento que toca minha pele, assanhando meus cabelos. E nesse vôo altaneiro,  Adentro as profundidades do tempo alinhavando em suas furnas meus sentimentos, saudades e emoções. Tocando os fios da aurora, onde outrora pousaram os meus pensamentos, contendo em si meus fragmentos envoltos em minhas sensações. E sobre o altar da minha alma, desfruto do manjar extraído das virtudes e vitórias que adiquiri ao longo do caminho, durante as duras batalhas que travei na vida, levantando a cada tombo e seguindo em frente na certeza de que tudo contribuiu para que eu tivesse um aprendizado maior.

Kainha brito
Direitos Autorais Preservado
Kainha Brito
Enviado por Kainha Brito em 03/05/2020
Código do texto: T6936685
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Kainha Brito
Imperatriz - Maranhão - Brasil
569 textos (19909 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/08/20 23:32)
Kainha Brito