Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto




            Casa de pássaros


Se a vida se tornar falida,rompe,chama cotovias!
Ah! palavras!Nossa vida posta na mesa e o coração! Sílabas soltas!
E de ti tudo de lençóis que um gesto meu levou,
Tolheu,cavou,e o tempo de soltar-se,foi se de tanto rio!

Mas pediria do que nela esmaga,fosse mais doce,mais tênue,
Um jorrar de nuncas,da solidão e seu asco,e sonhei com rio dela;
Alma minha tão dela,feriu a poesia,calou o que vinha pelo acaso chegando;
Eu mulher,sem saber-me estender-me dela,chorei,de ver mais longe!!
                
MaisaSilva
Enviado por MaisaSilva em 09/07/2019
Reeditado em 09/07/2019
Código do texto: T6691542
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
MaisaSilva
Itumbiara - Goiás - Brasil, 48 anos
866 textos (22236 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/01/20 19:03)
MaisaSilva