Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RETROSPECTIVA POÉTICA 1997

ano enredado
ávidos parasitas
sugaram meu sangue
serviram-se das minhas vísceras
para saciar fomes banais

ano tumultuado
o racismo recrutou soldados
frágeis mentalidades marginalizadas
para apunhalarem-me com lâminas fratricidas

ano atormentado
trajando purpurinas
fantasmas apavoraram meu coração
com desafetos sinistros

ano torturado
o açoite do desespero babando satisfação
chicoteou a dignidade
num pelourinho de angústias

ano alvoroçado
vi meu ser debatendo-se aflito
esgueirando-se de atritos
para não sucumbir em conflitos letais

ano enlutado
seres preciosos subiram pro Aiyê
mano Oswaldo, Soraia do Babalotim, primo Nenê

ano cultivado
no solo da emoção
sementes poéticas
lavraram sentimentos marcantes
brotaram consciências verdejantes

ano abençoado
Olorum assentou meu ori
num aconchego odara
para avivar meu axé

ano iluminado
coração vislumbrando azul-paraíso
os nós da solidão se desataram
para a noite fazer festa
em dois apagados sorrisos

ano encantado
a palavra canta
a palavra dança
a palavra luta
a palavra reencontra sua fé

ano assentado
evocando a chama dessa amada poesia
que me trouxe um alguidar
cheio de vida, inspiração, quilombeleza e cafuné

Oubí Inaê Kibuko. Publicado nas antologias "Arte na Cohab" e "Cadernos Negros".
OUBÍ INAÊ KIBUKO
Enviado por OUBÍ INAÊ KIBUKO em 07/11/2017
Código do texto: T6165032
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (©Oubí Inaê Kibuko). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
OUBÍ INAÊ KIBUKO
São Paulo - São Paulo - Brasil, 63 anos
101 textos (85641 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/19 06:33)
OUBÍ INAÊ KIBUKO