Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AS MÃOS DO TEMPO

É certo
Que o tempo corre.
Tão ligeiro escorre
Pelos dedos,
Pelos medos,
Pelos receios,
Pelas dores,
Pelas cores,
Dos amores
Bem cheios
Tão vazios!

Pavios
Que queimam
Até a explosão.
Navios
Que navegam
Na imensidão.

O tempo voa
O tempo soa
O sino da nova estação
De uma outra gestação

E assim vamos cumprindo
O ritual de se viver bonito
À sua revelia
Nos moldando de infinito
Nos transformando
E nos transferindo
Para outro vagão
Nova composição
Um novo trilho
Nessa liturgia
Seja pela poesia...
Seja por um filho.

Então seguimos vivos
Pela sobreposição de cada mão
De cada nova existência
De outra descendência
E ao tocá-los, nos eternizamos
E passamos a morar no coração
Daqueles que tanto amamos.

© Leonardo do Eirado Silva Gonçalves
Direitos reservados. Lei 9.610/98
Leonardo Eirado
Enviado por Leonardo Eirado em 09/10/2019
Código do texto: T6765614
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leonardo Eirado
Salvador - Bahia - Brasil, 54 anos
314 textos (3886 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/19 18:16)
Leonardo Eirado