Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

(anta)Lergia Poética

Escrevo Haikais poéticos,
Como faço trufas.
Licorosos versos,
Em doces e melodiosas Trovas.

Recolhimento

Alvoroço no bambuzal;
São as Maritacas orando:
"Vinde ao nosso lar,
Silêncio da mãe Noite.
Amém"!

As borboletas fazendo verão,
Borboleteiam,
Vêm e vão.

Asas em leque,
Abrem e fecham,
Ao som do Ruídoságua,
Em qualquer estação.

Conta Gotas
Sob o frescor da aurora,
O sol pinta os montes de alaranjado.
E deslizando, vagarosamente,
Desfaz o orvalho nas folhagens

Cenas típicas de verão.

Amistosidade

As gaivotas e os Flamingos alçam voo;
Abrem ao máximo a envergadura das asas;
E abraçam a placidez das águas do mar.

Perfeição

As Joaninhas, os besouros, colibris, sapos, abelhas e cigarras passeavam pelo jardim florido.
Para aumentar a radiante felicidade da ocasião,
Firmaram parceria com as flores, principalmente as heliotrópias para que pedissem ao sol para cobri-los com um sorriso, pois já era dia.
Prontamente, foram atendidos. E todos renderam-lhe louvores e graças; fizeram uma mesura em agradecimento. Mais tarde refrescariam-se com a musicalidade dos pingos de chuva.

Mutável Gambiarreiro
Enviado por Mutável Gambiarreiro em 04/11/2019
Reeditado em 04/11/2019
Código do texto: T6786712
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Mutável Gambiarreiro
Jegue é - Tovuz - Azerbaijão
2832 textos (65058 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/09/20 23:34)
Mutável Gambiarreiro