Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Morte

A morte é estranha.
É dor doída na alma
E refletida no corpo.
Deixa em nós um vazio,
Impossível de ser preenchido.
Antes, quando a saudade vinha,
(Com um simples gesto)
Facilmente, eu a matava.
Hoje, quando se avizinha,
É ela quem me maltrata.
Frei Michel da Cruz
Enviado por Frei Michel da Cruz em 21/02/2018
Código do texto: T6259861
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Frei Michel da Cruz
Paraíba do Sul - Rio de Janeiro - Brasil
252 textos (7639 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/19 13:18)
Frei Michel da Cruz

Site do Escritor