Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O PALHAÇO

Eu vivia acabrunhado com um olhar enviesado
Pela minha timidez apalermada
E como um bom abestalhado
No final eu me sentia rei
E no palco iluminado
Desta vida colorida
No picadeiro do circo
Eu fazia sempre graça
Como matuto que sou
Louvando a Deus Nosso Senhor
Porque tinha minhas dúvidas
Através de meu padrinho
Cícero Romão Batista
Se sou? Ou não sou?
Um palhaço maquiado
Em estado de graça...
E bendito sejam vós
Que ao ler podem achar graça
Nesse poema arretado
Deste bobo engraçado.


Sérgio Gaiafi
Enviado por Sérgio Gaiafi em 17/09/2019
Código do texto: T6747351
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Sérgio Gaiafi
Campina Grande - Paraíba - Brasil, 54 anos
1451 textos (10181 leituras)
26 e-livros (371 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/20 15:23)
Sérgio Gaiafi