Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Presente de Deus

Eu vejo as águas,
Águas dulcícolas correntes lépidas,
Paradas estacionárias,
Águas salgadas.

Tenho olhos e mãos para as flores,
Também para estudar o comportamento dos animais.

Entendo que a Lua é dependente do Sol,
Diferente das estrelas, que possuem brilho próprio.

Sinto a baforada de vento nas minhas faces,
A quentura voraz do fogo cozinhando o alimento.

Já li em algum lugar que no meio do caminho tinha uma pedra,
Uma imensa Pedra da Benevolência que abriga debaixo de si muitos bichos,
Das intempérie.

Aprecio a leveza do pássaro em pleno voo,
Também aprecio os campos relvados,
As sementes que germinam.

Eu reparo as minúcias da Natureza em constante transformacão:

Nasce,
Renasce.
Nova,
Renova.

Espreito os ouvidos para ouvir o que Ela tem a dizer-me,
E ouço a voz suave e melódica do Criador soprando em meus tímpanos que Ela é a representação máxima da Criação na Terra.

E pontua:
"Respeitar seus ciclos,
É viver em harmonia com Ela,
Constância pacífica com minha essência!"








Mutável Gambiarreiro
Enviado por Mutável Gambiarreiro em 17/11/2020
Reeditado em 20/11/2020
Código do texto: T7113458
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Mutável Gambiarreiro
Jegue é - Tovuz - Azerbaijão
3072 textos (68953 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/02/21 01:31)
Mutável Gambiarreiro