Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto








 
Perguntaram-me:
— Você é sincero?
Sim! Respondi, sou muito! Em consequência desta virtude — a sinceridade — muita vez, desprezo a prudência...
Se falo o que penso, pensar um ou outro ferimento provocado por alguma palavra mal dita por mim, se faz necessário, logo, logo, ou a qualquer momento, de bendito, alguma pessoa que me bem conhece, não me chamará... 








Se não percebeste que neste texto, o verbo “pensar” encontra-se na sua acepção menos usual, qual seja “cuidar, curar, tratar convenientemente de...”, nada mais fizeste além de te envolver apenas com os sons que a letras produzem...












.
Eugene Garrett
Enviado por Eugene Garrett em 03/03/2021
Reeditado em 03/03/2021
Código do texto: T7197327
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Eugene Garrett
Manhumirim - Minas Gerais - Brasil
119 textos (1788 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/04/21 07:52)
Eugene Garrett