Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
"TÁ TUDO BEM?"

QUANDO A VIDA SE TORNA ÁRIDA. QUANDO, NESTE MUNDO  TÃO POVOADO, A AUSÊNCIA DE AFETO FLUTUA NO VENTO E UM FEROZ DESAMOR E TENTA FURTAR-NOS OS ÚLTIMOS ARCO-ÍRIS É ESSENCIAL CAPTAR OS NADAS QUE INTEGRAM A VIDA DE TANTOS E – NÃO FALO SÓ DOS IDOSOS. SEMPRE HOUVE “ESQUECIDOS”.

VISITEM-SE INSTITUIÇÕES OU ABRIGOS, HOSPITAIS E SE VERÁ COMO É DOLOROSO OUVIR O “TÁ TUDO BEM” DE ALGUÉM QUE TENTA ABAFAR AS LÁGRIMAS. ESSE “TUDO BEM” NÃO PASSA DE UMA MANEIRA DE NÃO INCOMODAR. UM EUFEMISMO DA LINGUAGEM, PARA SUAVIZAR A CERTEZA DE QUE FOI ESQUECIDO. É UMA FORMA DE NÃO EXPOR SEMPRE A MESMA COISA, TORNANDO-SE CANSATIVO. AFINAL, TODOS QUEREM ALEGRIA, MESMO QUE LHES CUSTE O INDIZÍVEL (SABER QUE, EM SUAS VIDAS, AINDA HÁ OUTRAS PESSOAS QUE NÃO PARTIRAM). MAS, CASO ESTIVESSEM PRESENTES, SERIAM UM ESTORVO. POR ISSO, SÃO DEPOSITADAS EM ABRIGOS, HOSPITAIS OU NO ESQUECIMENTO EM ALGUM LUGAR.

NÃO É VERGONHA CONFESSAR O TORMENTO DO NADA. TAMBÉM NÃO É FRACASSO. A VIDA NÃO GIRA SÓ EM TORNO DO SUCESSO, DOS SORRISOS CONGELADOS PARA A FELICIDADE DE TODOS NAS REDES SOCIAIS. ATRÁS DELES PODE HAVER UMA PESADA CORTINA: UM PRECÁRIO EQUILÍBRIO QUE NÃO TEM HONRA ALGUMA, POIS É SÓ DISCURSO. NÃO VAI ALÉM DAS PALAVRAS.

VÍNCULOS NÃO SE DESFAZEM DE REPENTE. VAGAROSAMENTE SE VÃO, NÃO ENREDADOS EM NOVOS INTERESSES. PORTANTO, É PRECISO UMA CAPACIDADE ÚNICA DE TRANSCENDÊNCIA PARA CONTINUAR QUANDO É IMPOSSÍVEL UM POUCO DE DOAÇÃO DE VIDA, AINDA QUE NÃO SEJA PARENTE. UM ABRAÇO SINCERO PODE LEVAR UMA ALMA QUE A RENASCER. TOCANTES HISTÓRIAS DE ENERGIA, QUE REVELAM O CRESCIMENTO ESPIRITUAL E AS CONTROVERTIDAS SAGAS DE UM CORAÇÃO EM BUSCA DE FÉ E ESPERANÇA.

O DISTANCIAMENTO DAS PESSOAS PODE OCORRER POR VÁRIOS MOTIVOS, PORÉM, O MAIS CORRIQUEIRO É O MATERIAL OU A VERGONHA DE TER AINDA QUE CONVIVER COM OUTROS ENTES DA FAMÍIA. POR EXEMPLO, NINGUÉM DIZ: OLHA MINHA MÃE, UM DIA, FEZ LOUCURAS. COMO? ISSO É GUARDADO A SETE CHAVES. NINGUÉM DIZ: MEU PAI BEBIA DEMAIS. A SOLUÇÃO: ESCONDÊ-LOS OU, TALVEZ, DE ANO EM ANO IR VÊ-LOS E PERGUNTAR: “TÁ TUDO BEM?”
A RESPOSTA SERÁ A MESMA. A PESSOA DÁ MEIA VOLTA E – CONSIDERANDO-SE CUMPRIDORA DO DEVER, VAI EMBORA. NÃO OLHOU NOS OLHOS ANGUSTIADOS DE QUEM VISITOU. SE FIZESSE A LEITURA DAQUELE OLHAR TERIA ABRAÇADO A PESSOA E ESSE MOMENTO COMOVENTE SERIA GUARDADO COMO PRESENTE HÁ TANTO TEMPO ESPERADO. ALGO QUE PARECIA TER PERDIDO E QUE, AGORA, ESTAVA EM SEUS ABRAÇOS.BASTAVA SÓ ISSO...INCORPORAR UM POUCO DE SENTIMENTO EM HARMONIA COM O UNIVERSO.
PORÉM, SE ESTÁ INSEGURO EM ABRAÇAR ALGUÉM. SE TEM MEDO DE OLHAR OLHOS NOS OLHOS DESSA PESSOA ESQUECIDA, NÃO TENTE. SERÁ PIOR. SUAS DÚVIDAS E HESITAÇÕES CONTAMINARÃO SEUS ATOS




 
Luandro
Enviado por Luandro em 31/05/2018
Reeditado em 31/05/2018
Código do texto: T6351475
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Luandro
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 70 anos
215 textos (12104 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/01/20 22:33)

Site do Escritor