Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Autores

Sobre a autora
Luandro
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 70 anos
211 textos (11574 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/19 04:00)

Textos do autor
Perfil
"AMARRANDO AS DUAS PONTAS DA VIDA
                                                
                                           PEÇO QUE DESCULPEM PELOS RABISCOS BIOGRÁFICOS.

O ÚNICO E VERDADEIRO ANIVERSÁRIO QUE TIVE FOI COM CINCO ANOS.
DEPOIS DISSO, NÃO TIVE INFÂNCIA. MORAVA EM UM SÓTÃO, MAS CONTAVA ESTRELAS.
TAMBÉM NÃO TIVE ADOLESCÊNCIA. MEU PADRASTO (MINHA CASOU-SAE PARA CALAR AS "MÁS LINGUAS.") PERDEU TUDO. PASSAMOS FOME. CLARO QUE ROUPA BONITA PARA SAIR, NUNCA TIVE.
NUNCA FUI A UM BAILE.
O MEU UNIFORME DE NORMALISTA ERA ORGULHO. NELE, COMECEI A ME ESCONDER DAS BRINCADEIRAS SEM GRAÇA QUE COMIGO FAZIAM.
DEPOIS... SEMPRE DEPOIS..., COMECEI A TRILHAR O CAMINHO DO SUCESSO NO TRABALHO.
NOS SENTIMENTOS NÃO. JÁ TINHA PERDIDO O PRIMEIRO E GRANDE AMOR, EM ACIDENTE.
UM FRACASSO NO CASAMENTO.
RESTOU-ME O TRABALHO, CUIDAR DA FAMÍLIA E DE UM BELO FILHO.
NUNCA DEIXEI DE ZELAR POR MINHA MÃE (DEIXEI EMPREGO PÚBLICO FEDERAL PARA ISSO), MEU PADRASTRO E DE EDUCAR, SOZINHA ,MEU FILHO, O QUE FIZ  - CREIO QUE BEM, PELO HOMEM QUE ELE HOJE É, DEIXEI DE PENSAR QUE EU TAMBÉM TINHA UMA MINHA VIDA E ...OS ANOS PASSARAM E ESQUECI DE VIVÊ-LA. MAS A ÚNICA CULPADA FUI EU. FOI MINHA ESCOLHA.
FIZ ALGUNS LAÇOS DE SÓLIDA AMIZADE. NO ENTANTO, TUDO  SE VAI COM O TEMPO. RESTA TÃO POUCO.
EU NÃO SOU SÓ. ESTOU SÓ.
COMO DIZ MACHADO: "ESTOU AMARRANDO AS DUAS PONTAS DA VIDA."
FICO MUITO FELIZ SE ALGUÉM ME DÁ HONRA DE LER O QUE ESCREVO. 



 

Site do Escritor


Última atualização em 21/09/19 04:00