Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Oração da Mesa Farta

Mãe Gaia, Terra sagrada,
Que fertilizada e irrigada pelas águas,
Engravida a baga,
Explode e emerge de seu seio,
O broto do trigo em joio,
Futuro pão qualquer,
Não fermentado de centeio

Valorizado seja o Homem do campo,
Que de sol a Sol,
Seca a seca,
Chuva a chuva,
Persistente e bravio,
Assoviando a nota musical da enxada no solo,
Põe o alimento na mesa,
Daqueles que por ele não são empáticos,
Mas também não fazem-lhe mal.

Benditos e venerados sejam os poucos vistos,
Não diplomados,
Que nem em ocasiões como a atual,
São aclamados,
E de hérois da terra,
Chamados.

A Mãe, os Pratos e a Mesa Farta nada seriam,
Sem os ventos,
As águas,
Os solos,
As árvores,
O oxigênio,
O sol,
A lua,
As estrelas,
E as mãos operantes em movimentos dos Gaias.

O Homem do campo é a representação máxima da Mãe Gaia;
Pois, como Clarice Lispector felicitou-a, "Laranja na mesa. Bendita a árvore que te pariu",
Felicitamos nós a ti,
Mãe de todos os seres vivos da Terra.

Mutável Gambiarreiro
Enviado por Mutável Gambiarreiro em 06/04/2020
Reeditado em 06/04/2020
Código do texto: T6908259
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Mutável Gambiarreiro
Jegue é - Tovuz - Azerbaijão
3083 textos (69073 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/03/21 14:09)
Mutável Gambiarreiro