Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Assim Finalizamos a Ligação!

- Está sumido. O que fazes, quando está desocupado e não faz nada? Apareça mais; seus escritos é minha trans-piração. Não estás ciente que agora tudo é trans? Rodovia Federal Trans Amazônica que nunca saiu do papel. Margarina é trans. Tranças trans-am os trans. O governo investe nos votos do trans, mas não em trans-portes coletivos. Lembra-se  da viadagem de seu Piru; pois então, evoluiu e agora, é trans. Bem, chega. Trans ou não, apareça com suas letras... curto d+. Embora já velho, feliz ano novo.

- Bacana. Que papo mais underground. Louco! Respondendo, assim que eu aposentar, vou aparecer mais. Inclusive vou fazer 1 assinatura. Por enquanto, tenho que pagar o fubá do almoço e farinha do jantar. Tá bravo, mas como disse, a aposentadoria resolverá. Saúde, com menos gordura trans!
     Desejo o melhor que há no unitrans à você! Um ano repleto de coisas boas e excelentes trans-ações.

Ao Virar a Página!

Ponha-se de pé,
Desmonte a mesa,
Troque as vestes,
Apague o fogo,
Volte a realidade,
Pare de bocejar.

Ou a ressaca do natal,
Se estenderá até o carnaval.

Já vem a inundação,
Lama de minério,
Em mais 1 verão.

Barracos rolam,
Galos cantam,
Crianças esganiçam,
Bonecas desfazem-se,
Sabiás espiam.

Abra o compasso das pernas;
Corra, antes que morra!

Estando longe,
Muito longe,
Escrever, contar lorotas, teorizar, noticiar,
São levezas subjetivas.
Enquanto edificar, recuperar, reconstruir,
É ferragem em concreto armado,
E exige força, destreza e coragem.

Pensando bem,
Pensar é ato ignóbil, desprezível.
Penso, penso, penso!

A imaginação viaja por todos os cantos,
E as mãos, pernas e o restante do corpo,
Permanecem no mesmo lugar.

O ato de pensar está para o tal de ano novo;
Bem como a inércia do corpo, está para o ano velho.

Por isto, ao notar o velho moribundo, felicitam:
"Feliz ano novo"!

E os assentados retrucam:
"Após o dia primeiro, sórdido ano velho".

Comparado aos 2020 dC,
Tudo é efêmero,
E não dura mais que 24h,
Em 1 página negra.


Estamos nesse abismo imoral, porque o político, os pais, o Padre e nem o médico, nada, disciplina dor.
Mutável Gambiarreiro
Enviado por Mutável Gambiarreiro em 08/01/2020
Reeditado em 15/01/2020
Código do texto: T6837193
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Mutável Gambiarreiro
Jegue é - Tovuz - Azerbaijão
3083 textos (69075 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/03/21 15:05)
Mutável Gambiarreiro