Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dedicatória

                        Não sou afeito à ironia em meus textos, aliás sabendo que as sociedades compõem-se de sábios e doutos iluminados, entendo que é ridiculamente feio, deselegante ironizá-la, porém os paradoxos e as desconexidades sociais não passam incólume aos olhos vedados de minha pena, sem pena.
           Portanto, farei valer a veracidade dos fatos; pois, analisando sob os signos da ignorância do "Vida do povo, tudo de velho e nada de novo", as sociedades são formadas por redundantes vidas que não passam de sonoras galhofas ironizadas.
                Muito agradeço. Sinto-me feliz por sua existência e colaboração, caro amigo, leitor!


Resiliente Naturecídio

                  Se a Natureza cobrasse individualmente de cada consumidor o grão de arroz consumido, o gole de água tomado, o oxigênio respirado e outras dádivas todos os dias, fatalmente, a humanidade passaria por um naturecídio, ou morte por catástrofe natural.
                        Convenhamos que essa sórdida conspiração e infortúnio humano, seria benéfico ao capital natural provido pelo Meio Ambiente.

                 Estudam, teorizam e falam aos ventos em sustentabilidade com frequência, porém, raro, um ou outro, conta-se no dedo que falta na mão do ex-presidente Mula, quem é deveras, autossustentável.

                        Sem adentrar o mérito poético e analisando racionalmente o descrito, perante o uso dos recursos naturais, o ser é humano pensante moderado, ou um ser humano parasita consumista?  
Mutável Gambiarreiro
Enviado por Mutável Gambiarreiro em 13/03/2018
Reeditado em 13/03/2018
Código do texto: T6278357
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Mutável Gambiarreiro
Jegue é - Tovuz - Azerbaijão
3083 textos (69070 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/03/21 13:52)
Mutável Gambiarreiro