Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A DIFERENÇA ENTRE Macaxeira, Mandioca e Aipim

     Nos Estados do Nordeste, por exemplo, encontramos a MACAXEIRA (conhecida em São Paulo pelo nome de mandioca e no Rio de Janeiro, por aipim), que é diferente da MANDIOCA por uma razão bem simples.
     É certo que os nomes variam de acordo com a região. No entanto, apesar da palavra mandioca ser denominada como uma forma genérica, existe sim, diferença entre essas raízes. A questão é que esses frutos da terra são parecidos e pertencem à mesma família, sendo que um é venenoso e o outro, não. Façamos, pois, a distinção.
     A classificação da mandioca se baseia no teor de uma substância tóxica que ela possui: o ácido cianídrico. A mandioca-brava ou mandioca-amarga ou simplesmente, mandioca, ela é rica em ácido cianídrico, mas perde sua toxicidade no processo do cozimento e torrefação. Com ela são produzidas a farinha e a tapioca. A mandioca é matéria-prima de duas receitas típicas do Pará: com um caldo amarelo extraído da mandioca e cozido por dias, é preparado o tucupi; com suas folhas e carne de porco salgada se prepara a maniçoba.
     A mandioca-mansa ou mandioca-doce, macaxeira ou aipim, tem as raízes comestíveis, podendo ser consumida cozida, frita ou assada (com uma calda doce para o café da manhã ou puro como acompanhamento de carnes). Essa variedade é também utilizada para o preparo de bolos e pudins.

     Enfim, se alguém chegar aqui no Nordeste dizendo que quer comer mandioca, pode ser ligeiramente envenenado...  kkkkkkkkkkk!
Paulo Seixas e conteúdo da Internet
Enviado por Paulo Seixas em 17/06/2017
Reeditado em 26/11/2017
Código do texto: T6029785
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://blogliterariopauloseixas.blogspot.com.br/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Seixas
Campina Grande - Paraíba - Brasil
987 textos (45899 leituras)
20 áudios (676 audições)
9 e-livros (135 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 11:04)
Paulo Seixas