Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Auxílio Emergencial

          Conheci Furbina numa balada. Bebemos no botecos. Fumamos no mesmo cachimbo da paz. Apreciamos os mesmos luares. Andamos de mãos dadas pelas mesmas esquinas. Ficamos nas duras camas dos cafofos e quando não tínhamos, como nunca temos, dinheiro, no escuro, atrás de igrejas. Feito bomba enchendo pneus de carros, bombamos. Furbina é turbinada e topa tudo.
                 Faz mais ou menos 3 meses e meio, descobrimos que Bina está cheia, enxertada, buchuda, prenha como paim dizia ao ver mainha com o buchim cheio, no Norte. No total, somos 13 irmãos. Um time completo e 2 reservas.
           Pois bem, fizemos o teste de farmácia: positivo. Esperamos a menstruação: nada de descer. Fizemos a ultrassom: positivo. Iniciamos o pré-natal.
                  Ao confirmar a materialização do felizardo que receberá os legados de nossa miserável pobreza, demos entrada no processo do Auxílio Emergencial para o recebimento do que nos é devido, ou seja, 1.200,00 reais devido Furbina ser mãe solo, ou legalmente, Produtora Independente Feminina, fomos indeferidos. Inclusive fomos obrigados tirar os CPFs e CTPS e depois de todo trabalho, não recebemos nem ao menos a primeira parcela de 600 reais.
            Por favor, se o leitor entender como devemos proceder, logicamente legalmente pois somos cidadãos honestos e dígnos, queira por gentileza esclarecer-nos. Uma vez que ao pagar o absurdo de impostos já contribuiu com o auxílio, peço ajuda para nos esclarecer.
           Deus, o Pai todo Poderoso te pague e ilumine! Contamos com sua ajuda.
Mutável Gambiarreiro
Enviado por Mutável Gambiarreiro em 01/07/2020
Reeditado em 01/07/2020
Código do texto: T6992926
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Mutável Gambiarreiro
Jegue é - Tovuz - Azerbaijão
2823 textos (64902 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/20 20:45)
Mutável Gambiarreiro