Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O que aprendo com a Covid

Muitas, muitas coisas, mas a principal são as 4 palavras em ingrês; o que faz-me Jeca Tatu poligrota :

Primeira: bulingui

Covid, nó bulungui and me endefrendes. Por trás, também.

Segunda: luqueandaum

Em pé na vertical ou deitado na horizontal, luqueandaum. Sei lá se o vírus da coqueluche pega, mas se espalharam, passo pra frente.

Terceira: omiofici

Os garis, coveiros, motoristas e agricultores work in omiofici. Apertam 1 butão em algum lugar do Planeta, serviço executado do lado de lá. Para não descaracterizar a pronúncia, acento agudo no ó: Omiófici.

Por fim, feiquenius

Tudo que falo and escrevo is feiquenius. Sou honesto e não político; e nem interesso-me ser. Agora minto em ingrês. Acredite se quiser.

Gudbai to gudmorningue

Essa vai de pinga!

Tô com Bolso@ig.Naro.com.br

       A alfabetização é prejudicial ao brasileiro. Com o básico de instrução, ele na certa não quer mais puxar o arado. E passar pensa só em dinheiro, leis, polpudos salários, direito, quarentena e aposentadoria.
          Se lê o abecedário, se mete até saber de política. Já ouviram falar em Tiririca, otimista a ponto de dizer, "comigo lá, pior num fica".


   Esse país é um grande barato, por que no dia que aumentarem a safadeza, tem que jogar álcool doméstico nos barris de pólvora e tocar fogo.
 Contrário do dólar e euro, só quando subirem ás alturas o valor da safadeza.
Mutável Gambiarreiro
Enviado por Mutável Gambiarreiro em 18/04/2020
Reeditado em 18/04/2020
Código do texto: T6920840
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Mutável Gambiarreiro
Jegue é - Tovuz - Azerbaijão
2833 textos (65084 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/20 15:03)
Mutável Gambiarreiro