Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Hereditariedade

          Meu filho mais novo, apelidado de Chico Tamanduá, aprendeu com o pai ainda cedo; e  está viciado em cheirar bolo formigueiro.  É sua mãe preparar a farinha, levar ao forno e servir à mesa, que em uma só baforada do Chico, a fornada que esvai-se.
                "Família Tamanduá que cheira unida, jamais será vencida". Esse é o slogam familiar e antes da cafungada, entoam o bordão em cântico. Cheiram no café da manhã, no almoço, no café da tarde, no jantar e no café antes de dormir; mas isto porque, cheirar com moderação, é motivo de saúde e ato socializador. Todos nós temos os mesmos direitos à qualidade e quantidade de bolo.
   Sinto-me lisonjeado, envaidecido com meus filhos; pois é melhor cheirar bolo formigueiro em casa, que na rua.
Mutável Gambiarreiro
Enviado por Mutável Gambiarreiro em 24/04/2019
Reeditado em 24/04/2019
Código do texto: T6631228
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Mutável Gambiarreiro
Jegue é - Tovuz - Azerbaijão
2416 textos (56152 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/01/20 23:58)
Mutável Gambiarreiro