Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AVÓS UMA SAUDADE ETERNA!

A saudade invade meu ser.
Sempre que lembro de você.
É uma saudade gostosa de sentir.
É uma ausência que a oração tenta diminuir.

Lembro com carinho dos abraços que te dei.
Ainda hoje escuto sua voz ao entoar cânticos a Deus.
Cânticos que era para ti um alento.
De sua fé em Deus.

Eu só confio no senhor
Que não vai falhar.
Eu só confio no senhor
Sigo a cantar
Se o sol chegar a escurecer e o céu nublar,
Eu só confio no senhor que não vai falhar.

Ah! Vó Berenice como era lindo desfrutar de sua fé.
Ainda hoje, tenho a sensação de te ver tricotar.
Toalhas ou sapatinhos para bebês.
Lembro das pinturas em tecidos que fazias.

Mas, sabe vó mesmo sentindo sua ausência.
Sou feliz, pois, sei que estás nos braços de Deus.
Desfrutando das bênçãos prometidas aos filhos seus.

Ah! Deus como é cruel a perda.
Como é triste regressar ao sertão.
E lá não encontrar a flor daquele lugar.
Minha avó Maria tão querida.

Que naquela estrada de barro.
Naquela casa de esquina.
Ansiosa estava a nos esperar.

Hoje, só nos resta a saudade.
E a lembrança de seu terno olhar.
De seu abraço afetuoso.
E de sua voz em nossa memória a ressoar.

Num dia lindo, almejo eu encontrar
A eterna glória que prometida está
Gozo alegria eu posso então sentir
Pois Jesus Cristo já está por vir.

Ah! Minhas avós a saudade é enorme.
Mas, em minha alma vocês sempre estarão.
Como as servas fiéis de Cristo.
Que nos céus estão a desfrutar.
Das bênçãos celestiais.
Glauciene Carvalho
Enviado por Glauciene Carvalho em 26/10/2019
Reeditado em 26/10/2019
Código do texto: T6779895
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Glauciene Carvalho
João Pessoa - Paraíba - Brasil
423 textos (7221 leituras)
1 e-livros (10 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/11/19 11:54)
Glauciene Carvalho