Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

2° Feira não é dia de Descanso?

  Começando pelo domingo, tem uns feirantes Recantistas que fazem feira, expõem poesias, haikay, cordéis, prosas, sonetos nas bancas literárias, 7 dias/semana, trinta dias/mês, 365 dias/ano, da meia-noite às 12h da madrugada. Obviamente não são evangélicos, ou adventistas, os quais trabalham seis dias e descansam um. Nem digo políticos, por que essa trupe...
          Para essas penas incansáveis e insones, 2° Feira não é dia de Descanso? Em que mercado encontram tanta inspiração e tinta para a esferográfica? Desculpe-me a intrepidez indagadora, como fazem para sobreviver, pois Eu quase morri de fome, as lombrigas corroíam as víscera, com essa coisa de ser intelectual e escritor! Sem outra opção, desmontei barraca, vendi os apetrechos artísticos e rumei para lavar banheiros e pratos.

 Assim como diziam que "o macaco está(va) certo", o Jesus Cristo dos dias de hoje, chamado Luis Ignácio da Silva, está coberto de razão, em alertar:
  “O que eu vejo? Quando eu vejo os discursos dessas pessoas, quando eu vejo essas pessoas acharem bonito que ‘tem que vender tudo o que é público’, que ‘o público não presta nada’, ainda bem que a natureza, contra a vontade da humanidade, criou esse monstro chamado coronavírus. Porque esse monstro está permitindo que os cegos comecem a enxergar que apenas o Estado é capaz de dar solução a determinadas crises. Essa crise do coronavírus, somente o Estado pode resolver isso, como foi a crise de 2008."
Mutável Gambiarreiro
Enviado por Mutável Gambiarreiro em 03/08/2020
Reeditado em 03/08/2020
Código do texto: T7025015
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Mutável Gambiarreiro
Jegue é - Tovuz - Azerbaijão
2823 textos (64869 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/20 13:47)
Mutável Gambiarreiro