Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fala você

Ele estava nervoso. Era sua estreia no consultório. Pela primeira vez, após anos de estudo, ele iria atender um cliente sozinho. Os seus nervos estavam à flor da pele. Ele tentou disfarçar a batida acelerada do seu coração e a secura na garganta, ao cruzar a entrada do consultório. A sua passagem pela recepção foi tão rápida que a secretária quase não notou que, apesar do frio, ele estava suando. Quanto alívio não terá sentido ao entrar em sua sala e se sentar em sua cadeira? Ali era o seu ambiente e, com certeza, estaria protegido.
O Interfone toca e quebra aquela tensão inicial. E, faz com que ele volte para a realidade. Do aparelho, sai uma voz doce dizendo que sua primeira cliente acabara de chegar. Ele, pigarreando, como quem limpa a voz, pede para deixá-la entrar. A porta se abre e adentra o recinto uma jovem senhora morena e esbelta de olhos tristes e parados. Ele aponta para a cadeira de frente a sua e pede para que a senhora se sente. Ela obedece e fixa seu olhar sombrio no homem. Ele pergunta: “Em que posso ser útil a senhora?” Ela responde: “Fala você.” Ele fica meio atordoado, sem saber o que dizer, mas insiste: “Então... em que posso ajudar a senhora?” Ela, mais uma vez, responde: “Fala você.” A situação começa ficar constrangedora. Ele não sabe mais o que dizer nem o que pensar. E fala consigo mesmo: “Será que esta senhora se enganou de porta e está achando que sou um adivinho?” Ele começa a se irritar e, quase perdendo a cabeça, diz: “Minha senhora...” E, antes que termine a frase, ela o interrompe dizendo: “Fala: Você”. Neste momento, a ficha do jovem psicólogo cai e ele entende que está acontecendo, tão somente, uma falha de comunicação.
O recém graduado sorri internamente, pois temia parecer desrespeitoso com a senhora, e conclui com seus botões: “Se, nos dias de hoje, a educação está fora de moda, pelo menos, ela não perdeu a sua graça.” E, mais descontraído, deu prosseguimento a sua primeira consulta.
Frei Michel da Cruz
Enviado por Frei Michel da Cruz em 21/08/2019
Reeditado em 22/08/2019
Código do texto: T6726022
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Frei Michel da Cruz
Paraíba do Sul - Rio de Janeiro - Brasil
243 textos (7534 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/11/19 07:43)
Frei Michel da Cruz

Site do Escritor