Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VISÃO ESPIRITUAL VI - A ESCADA PRO CÉU - Thiago Alves

Graças e paz sejam dadas ao povo de Israel de Deus e a todos os que têm Fé e boa vontade sobre toda a face da terra. Louvado seja o Senhor Deus Criador, Todo poderoso e Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo o Nosso Salvador, que é Santo e é Deus e que se fez homem e habitou entre nós e tendo sido morto por causa dos nossos pecados, venceu a morte e ressuscitou ao terceiro dia, nos dando a esperança da certeza da salvação.
Por amor, criou Deus o homem do pó da terra, segundo a sua imagem segundo a sua semelhança. O criou do pó da terra para que sendo terra o homem não se orgulhasse. Porém, glorificasse ao Senhor Deus.
Certa noite do segundo semestre do ano de 2004, eu, Thiago Alves, evangélico cristão, estando num culto de louvor e oração, na Igreja Missionária do Betel Brasileiro. Unidade Central no bairro de Jaguaribe na cidade de João Pessoa, Paraíba. Enquanto louvávamos ao Senhor, eis que o Espírito de Deus deu-me a seguinte visão:
Quando olhei para cima, à minha direita surgiu uma forte luz branca amarelada, como se a luz do dia fosse. E por ela desceu um como se fosse um Anjo do Senhor. Trajava vestidos longos de um fino tecido e este era de grande e forte estatura.
Suas cores eram semelhantes à luminosidade que apareciam naquele momento. E este tendo me segurado pela mão, me elevou do chão e com a outra mão, pôs em volta da minha cintura e me elevou como se eu fosse uma criança.
Em seguida, estendeu o braço me mostrando UMA LONGA ESCADA que não se podia vê o final. Os patamares eram pequenos e com perfeita divisão e de largura estreita para a passagem de uma pessoa de cada vez.
Havia envolvendo a escada uma espécie de túnel com paredes onduladas de espessas nuvens, iluminadas por uma luz que vinha do alto.
Como se não pisasse aqueles degraus, o Anjo me conduzia facilmente em direção ao alto da escada. E tendo chegado ao final da ESCADA, o Anjo me colocou de pé. Havia ali uma espécie de anfiteatro com infinitas fileiras circulares de confortáveis poltronas brancas.
Havia pessoas assentadas, com aparência serena e muita paz e falavam línguas estranhas.  Havia na minha esquerda uma poltrona vazia e na minha direita havia assentados uns anciãos de barbas e cabelos brancos. O que estava mais próximo falou comigo, pediu que eu me assentasse naquela poltrona vazia.
No centro do anfiteatro havia um grande trono de ouro em forma de uma tenda coberta por um tecido de finos fios de ouro reluzente.
Do trono saia à luz que iluminava aquele ambiente.
Pensei comigo está ali o Senhor Deus.
Por um momento se fez silêncio total e o ancião me disse que aquele que estava no trono iria falar.
Uma grande voz falou e tudo se abalava como o seu poder. Poderosas palavras que saíam da tenda em forma de labaredas horizontais e se dirigiam pelo túnel da escada em direção a igreja que orava na terra naquele momento.
Muitas outras palavras como labaredas, as quais eu não entendia o significado, foram ditas para a igreja naquela noite e grande foi o mover do Espírito Santo de Deus.

REFERÊNCIAS BÍBLICAS
“Eis que uma escada estava posta na terra, cujo topo chegava o céu; e os anjos de Deus subiam e desciam por ela”. (Gn 28: 12).

“Vi o Senhor assentado sobre o seu trono, todo o exército do céu estava junto a Ele, à sua mão direita e à sua mão esquerda”. (I Rs 22: 19).

“E ouvi uma grande voz, vinda do trono que dizia: agora o Tabernáculo de Deus está como os homens”. Deus habitará com eles e eles serão seu povo e o próprio Deus estará como eles e será o seu Deus. (Ap 21: 3).

Aos que crêem digam:
Amém!
A Arte de Thiago Alves
Enviado por A Arte de Thiago Alves em 20/12/2015
Código do texto: T5485669
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
A Arte de Thiago Alves
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 59 anos
179 textos (12739 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/10/19 07:53)
A Arte de Thiago Alves