Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VISÃO ESPIRITUAL II A BATALHA - Thiago Alves

Aos que crêem, Graça e Paz da parte do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, Filho do Deus Altíssimo.
Louvores sejam dados Àquele que foi que é e que sempre será.
Ao que é o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim.
O que venceu a morte, que está assentado a direita do Pai e vem para julgar.
Àquele a quem um dia todos os joelhos se dobraram e O adorarão.
Ao que tem o poder de esmagar a serpente.
Àquele que cuja palavra é como espada de dois gumes e cujo Espírito é fogo consumidor.
Ao que restringe o furor dos ventos e um sopro de sua boca abre os mares.
Toda a honra, toda a glória e todo o poder sejam dados Àquele que abre portas e ninguém mais as fecha e fechando ninguém jamais abrirá.
Ao que tem um nome que é sobre todos os nomes e que quebra cadeias e correntes e liberta verdadeiramente.

Eu, Thiago Alves, servo do Senhor Jesus Cristo, no terceiro mês do ano de 2004, estando num culto de louvor e adoração a Deus, dirigido pelo Pastor José Sobrinho, que cujo tem sido usado pelo Senhor Deus de forma grandiosa num Ministério de Cura e Libertação, dirigindo a Igreja Missionária Evangélica Betel no bairro de Jaguaribe em João Pessoa /PB – Brasil, na qual eu congrego, enquanto eu orava pedi ao Senhor Deus que manifestasse seu poder naquela noite e fizesse uma experiência diferente com a igreja, que derramasse o mover do Seu Espírito Santo.
E foi a palavra de Deus aplicada de forma poderosa.

No final do culto, após a bênção, enquanto me despedia dos irmãos, algumas pessoas formavam uma fila para receber oração com a imposição de mãos pelo Pastor.
Vi que trouxeram uma mulher desmaiada numa cadeira, para também receber oração.
Àquele caso me chamou a atenção e aproximando-me fiquei assentado próximo ao Pastor que orava por aquelas pessoas.
Fiquei esperando o momento que aquela mulher seria atendida.
Quando o Pastor aproximou-se daquela mulher, impôs as mãos sobre ela e naquele momento, levantei minha mão direita e comecei a interceder também por aquela mulher.
No mesmo instante O Senhor me deu uma visão.
- Vi quando o céu se abriu e aproximando-se daquele local um grande batalhão de fortes anjos trajavam vestes brancas e todos traziam em suas mãos grandes espadas de cabos retorcidos e desembainhadas.
- Os anjos faziam uma formação em duas filas que formavam um “V”, de forma que as duas pontas do “V” ficavam uma a direita e outra a esquerda daquela mulher.
- Em pé, atrás daquela mulher havia um espírito imundo em forma de sombra como um demônio.
- Enquanto o Pastor repreendia aquele espírito imundo, na minha mão direita foi colocada uma daquelas espadas e naquele momento travou-se uma grande batalha dos anjos contra aquele demônio e de que cuja batalha eu também participava.
- Na batalha ouvia-se o tinido das espadas e via-se uma grande movimentação.
- Após certo tempo, os anjos prenderam aquele demônio e suas mãos foram amarradas para trás uma sobre a outra e o levaram embora daquele local.
_ Enquanto os anjos afastavam-se levando o prisioneiro, eis que o céu se fechou e eu pude olhar para aquela mulher que se levantou e saiu caminhando.
- Pois, já havia muito tempo que se encontrava naquela situação.
- Todos glorificaram muito a Deus.
Um tempo depois aquela mulher voltou a Igreja para dá o seu testemunho. Pois, dizia que naquele dia verdadeiramente o Senhor Jesus havia lhe libertado.
 
Referências bíblicas:
“Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a Palavra de Deus”. (Ef 6:17).
“Miguel e seus anjos batalhavam contra o dragão” (Ap 12:7).
“Se o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres”. (Jo 8:36).

Amém!

A Arte de Thiago Alves
Enviado por A Arte de Thiago Alves em 20/12/2015
Código do texto: T5485662
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
A Arte de Thiago Alves
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 59 anos
179 textos (12048 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/09/19 11:10)
A Arte de Thiago Alves