Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UMA CONVERSA SÉRIA

Thiago Alves
-“Hoje, na cálida e fria noite da minha solidão, no intervalo de meu labor, fiquei um longo tempo a contemplar a imensidão do firmamento estrelado e a me lembrar de Ti”. Contemplei ao máximo a lua, que no seu reluzir, coloria em círculo com as cores do arco-íris, as nuvens que por ela passavam rápido, sopradas pelos ventos contra-alísios.
- Quem me dera estar contigo. Para simplesmente desfrutar de Tua companhia! E, somente isso bastava para mim!
- Mas, nesse momento percebi a distância entre nós. Separados pela minha imprudência!
- Fiquei imaginando o quanto És valioso para mim! Tudo o quanto fizeste por mim, tudo o que me deste e o tamanho da minha ingratidão, com as pouquíssimas vezes que Te dei a mínima importância!
- Agradecer-Te? Uma vez ou outra!
- Defender-Te? Raras vezes!
- ...E a timidez enorme de falar contigo?
- Sempre me senti todo sem jeito de Te pedir as coisas...!
- Sei bem que nunca Te negaste em meu favor.
- Lembro-me de algumas vezes ter falado sério contigo e como foi bom! Mas depois me afastei e me senti só...!
- Lembra aquele dia que morreu uma colega minha a um palmo do meu nariz?
- Pois, eu a vi morrer aos poucos a cada dia, de uma mal que é uma tolice diante de Tua sabedoria! ...E por covardia minha não Te convidei para irmos até lá! Ao menos conversar com ela...!
- Pela manhã, quando eu fui para o trabalho, ela havia morrido! Eu fiquei arrasado...!
- Eu sabia que ainda havia um jeito. Se eu fosse contigo até lá! ...Sim! Muitas vezes fizeste isso! Como fizeste a Lázaro e outros mais...!
- ...Mas, com vergonha de me chamarem de louco, não fui!
- Quando eu voltei do trabalho, já era o sepultamento dela...!
- Fico me remoendo até hoje...!
- Inda não sei por que agi assim...!
- Hoje, meus problemas andam tão sérios!
- Estão cobrando de mim o que eu não posso fazer!
- Nunca mais Te encontrei! Nem mesmo quando eu vou a Tua casa...!
- Tenho medo de não mais Te encontrar!
- Tenho medo de Te perder de vez!
- Depois daquele dia, daquele sonho, que Tu me mostraste quantas coisas maravilhosas eu poderia fazer em Teu nome...! Eu perdi a calma...!
- Mas, a próxima vez que eu te encontrar, vou Te pedir para ficar contigo para sempre!
- “Boa noite Jesus”!
A Arte de Thiago Alves
Enviado por A Arte de Thiago Alves em 12/02/2015
Código do texto: T5135506
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
A Arte de Thiago Alves
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 59 anos
179 textos (12059 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/09/19 19:10)
A Arte de Thiago Alves