Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POETISANDO EM CORDEL!

Desde o século XVIII que o cordel existe.
Nos palácios medievais com cantigas tristes.
O cordel é originário de poetas simples.
Com um conhecimento de vida sublime.

Quem tem a alma cordelista, consegue desvendar sua magia.
Entre o povo simples, humilde, com enormes lições de vida.
Ah, cordel é impressionante como resgatas de uma alma nobre, tão intensa cantiga.

Que com o sofrimento dessas pessoas, tu cordel transformas dores em poesias.
Ah, cordel quão grandioso és, com simples desenhos e com tanta magia.
Penetras e entranhas na alma do poeta.

Através da poesia cordel.
Consegues modificar muitas vidas.
Que com uma vida sofrida, ainda, enxerga alegrias.
Entre várias cantigas tu és o poeta que nos ensina sobre a vida.

Ah, cordel nem mesmo tu conheces tua sina.
Que é trilhar o mundo dos humildes.
E de lá nos trazer lições para a vida.
Poetisando em cordel para transmitir somente alegrias.
Glauciene Carvalho
Enviado por Glauciene Carvalho em 28/01/2019
Código do texto: T6561433
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Glauciene Carvalho
João Pessoa - Paraíba - Brasil
401 textos (6614 leituras)
1 e-livros (10 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/19 16:49)
Glauciene Carvalho