Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
PODER DA ESCURIDÃO

images?q=tbn:ANd9GcQfrYE8LQb0MciILmUaBd7FrtNb3kDNiKAmet9V4lEa0P-DqeXuJg

A escuridão da noite, Lua clara arrebatando o céu sem estrelas, Aimée suporta tudo em que acaba se envolvendo, seus demônios imaginários estão sempre a seu  lado, instigando sua queda. Ela acredita ser poderosa em sua entrega absoluta, se abre em leques para Jaime que apenas dela se aproveita, usa de suas partes, de suas artes domésticas, de seus dotes para aguentar a dor, a sevicia jurando amor e Aimée se desmancha em sofrer e tormento , acreditando que a relação é correta, é paixão. Pensa em sua mente conturbada, que Jaime só tem uns fetiches mais ácidos. Pobre Aimée, ele pouco se importa com ela, é só abuso, ele aparece quando bem entende, se farta do corpo dela, de suas posses, usufrui dos seu cuidados, nunca lhe deu um beijo sequer, frio, estúpido. Aimée sempre consulta seus demônios que a aconselham que ela não dê muita importância à dor, dor passa e ele quando quer volta. A escuridão da noite envolve sua alma, nubla a razão, confunde os sentidos, lhe dando um poder fáctuo, lasso, sem ressurreição.  Num outro dia, numa noite qualquer, sem aviso, Jaime voltará e ela se abrirá muda, com a noite escura no peito e os olhos cegos da alma, respaldadas pelas trevas, morada de seus imaginários demônios.


* imagem - fonte - google
Cristina Gaspar
Enviado por Cristina Gaspar em 07/04/2017
Reeditado em 07/04/2017
Código do texto: T5964436
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Cristina Gaspar
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 62 anos
2806 textos (120805 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/08/20 11:02)
Cristina Gaspar