Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Autores

Sobre o autor
Robin S
São Paulo - São Paulo - Brasil, 37 anos
209 textos (1787 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/05/21 23:03)
Robin S

Textos do autor
Perfil


[Certa vez me perguntaram: "Como me sentia
por saber escrever tantas coisas?"
]
R: Não soube responder de imediato,
apenas disse: - Normal, me sinto normal!
Depois de um tempo então parei para refletir 
e divagar meus pensamentos sobre...
Sobre a pergunta em questão,
e sobre como outros
grandes autores se sentiam ao escrever
suas obras (muitas belissímas obras).
Após um longo tempo de reflexão
de longos estudos sobre autores e obras,
cheguei a uma conclusão satisfatória...
Dita logo abaixo.
____________________


Escrever pode ser uma dádiva.

Mas isso não me dá o direito de me achar, 
de me sentir ou de me por acima de alguém,
de ser um ser superior a outra pessoa.
Escrevo simplesmente porque gosto,
porque amo o que faço,
e amo ainda mais quando
mesmo na simplicidade do que dito,
serve a alguém.
As vezes uma determinada pessoa
esta numa fase da vida
onde as palavras falta-lhe as mãos.
Assim se o pouco que escrevo á servir,
isso já me fará feliz!
Escrever pode ser um dom,
mas escolho manter-me a humanidade
e não sinto-me superior a ninguém!
A vida é curta, curta demais
para que eu desperdice meu tempo na cia da soberba.
Assim como tão breve é o tempo,
que acompanha esse passear/passar da vida,
sem pena ou remorso.
Entre o passar de um segundo para o outro
de um ponteiro de um relógio,
pequenas/grandes coisas acontecem!
E esse tempo todo é um aprendizado
e a soberba é inimiga do aprendiz!


Então a minha resposta a pergunta é:
Me sinto Eu Mesmo!


Robin S.


Última atualização em 15/05/21 23:03