Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Autores

Sobre a autora
Elisa Salles ( Elisa Flor)
Serra - Espírito Santo - Brasil, 45 anos
748 textos (6305 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/10/19 15:37)
Elisa Salles ( Elisa Flor)

Textos do autor
Perfil
 
Biografia:
Elisa Salles ( Elisa Flor)

Nasci Ana Elisa Sales no dia 05 de agosto de 1973, na cidade de Duque de Caxias, no estado do Rio de Janeiro. Filha de Edvaldo Alves dos Santos e Dinalva Salles Santos. De vida muito modesta, mãe doméstica e pai pedreiro, porém sedentos de cultura e leitura, hábito que divergia da pouca escolaridade de ambos. Mas foi o que influenciou a minha paixão pela leitura e mais tarde pela poesia.
Aos nove anos veio ás minhas mãos um livro escolar, onde havia uma fotografia de Cecília Meireles com o poema" Canção"___ Imediatamente se ascendeu em mim um desejo de ler e ler poemas... Aos doze anos recitava poemas meus na escola.
Aos quinze anos ganhei " Obra completa de Vinícius de Moraes de minha mãe.
Comecei então a procurar nas bibliotecas poemas de Florbela Espanca__ Sempre fui influenciada por poemas melancólicos; o que bem pode se notar nos versos meus.
Estudei enfermagem e a vida me afastou dos versos, indo à eles de quando em vez, apenas.
Em 2000 casei-me com o pai de minha filha, Ana Clara, verdadeiro motivo do meu viver.
Em 2009 sofri um acidente que me impossibilitaria de trabalhar, o que me manteve com muito tempo de sobra e com uma depressão profunda___ Gatilho este para me enterrar na poesia e voltar a estudar e escrever.
Amo os poetas do romantismo.
Sou fascinada por Florbela Espanca, Fernando Pessoa, Vinícius de Moraes e mais recentemente por Edgar Allan Poe. Paixão esta que me levou à criar uma poetisa de mim, Anna Corvo Poe, para escrever com liberdade meus versos sombrios e melancólicos.
Amo a poesia... Poesia para mim é cura que alivia a dor e distancia a solidão. Escrevo por uma necessidade pessoal. Um deslavar de alma.
Hoje resido no Espírito Santo... Serra, em Jacaraípe__ Cidade balneário. O que é uma benção. Pois sou extremamente marítima.


... Se a vida não foi suficiente para matar-me,
vivo então,
na poesia.

Elisa Salles
( Elisa Flor)
 


Última atualização em 14/10/19 15:37