Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Autores

Sobre o autor
Daniel L Oliveira
Ilha Solteira - São Paulo - Brasil, 74 anos
773 textos (22011 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/20 11:22)
Daniel L Oliveira

Textos do autor
Perfil
Sou paulista do interior de São Paulo. Nasci na cidade de Ribeiro dos Santos, Distrito de Olímpia, de onde sai em tenra idade e fui criado na cidade de Jaboticabal/SP, cidade esta que tem como epítetos, os cognomes de "Cidade das Rosas", pela quantidade dessas maravilhosas flores que havia na cidade em épocas passadas, e pela beleza das suas moças; "Athenas Paulista", porque Jaboticabal era na sua região um verdadeiro berço cultural; e "Cidade da Música", porque no ano de 1954, num concurso de Bandas Musicais promovido em São Paulo, por ocasião do quarto centenário daquela cidade, Jaboticabal sagrou-se campeã com a Banda Gomes e Puccini, tendo ainda a Banda da Sociedade Filarmônica Pietro Mascagni ficado em segundo lugar.
Nesta cidade cresci, estudei, amei e também sofri de amores, e ali foi despertado em mim a veia poética, pois, desde jovem procurava fazer versos.
Quando conheci minha esposa Leila, uma menina de 15 anos, fiz para ela um acróstico com seu nome:

Lembra menina Leila,
Este alguém que sou eu,
I'nda que o tempo passe,
Lembra-te, nunca esqueças,
Alguém nunca a esqueceu.

Sonhos cheios de quimera,
Ilusão sempre vivida,
Lembranças de bons momentos,
Verdades e sentimentos,
Amor pra sempre querida.

Coração apaixonado,
Rosas vermelhas em flor,
Unindo os namorados,
Zênite do nosso amor.

Embora minha formação acadêmica tenha me levado para a área de exatas, pois sou formado em Matemática, Eletrotécnica e Pedagogia, intimamente tinha um lado voltado para a área de Humanas, o que me levou a fazer um curso de Direito e, há onze anos advogo nas áreas: Cível, Trabalhista, Previdenciária e Direito da Família, na comarca de Ilha Solteira/SP, onde estou radicado há 34 anos.
Sempre tive vontade de expressar sentimentos em forma de poesia, e encontrei no Recanto das Letras a possibilidade de compartilhar meus versos com outros poetas e poetisas, que me dão o enorme prazer quando visitam minha página, da mesma forma como é prazeiroso visitar as páginas deles.
Sou casado com Leila da Silva Cruz Oliveira, desde 09/07/1977, e tenho duas filhas maravilhosas: Daniela, Assistente Social, casada com Valdecir Tavares e que me deram meu primeiro neto, Nelson Daniel, e Mariana, Advogada.

Agora, passado já alguns anos, com a empolgação de escrever poesias, fiz um acróstico com meu próprio nome:

D izem que sou poeta!
A credito que seja verdade.
avego pela poesia,
I nspiro-me na fantasia,
E nvolvo-me na emoção,
L anço ao ar minha paixão.
 
L á no fundo da minh’alma,
O nde tudo se acalma,
P onho meus sentimentos.
E ncontro a razão que salva,
S ubmerge meus sofrimentos.
 
D izem que sou poeta!
E u quero acreditar.
 
O nde houver amor, há poesia,
L ivre voa o pensamento,
I nduz a busca que alivia.
V oa mesmo contra o vento,
E nfrenta a tempestade,
I mpõe a sua vontade,
R esgata do amor a saudade,
A málgama os sentimentos.


Todo meu trabalho está protegido pela Lei de Direitos Autorais, Lei Nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998, e registrados no Escritório de Direitos Autorais - EDA, da Fundação Biblioteca Nacional - FBN, órgão do Ministério da Cultura. 
 


Última atualização em 01/10/20 11:22