Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A importância do controle de fator de potência na indústria
Resumo:  por Regina Michelon.
A necessidade de uso de capacitores nas instalações de baixa ou média tensão é devido às cargas elétricas de alta indução (transformadores, motores e reatores, principalmente).

As cargas indutivas provocam atraso na corrente e afundamento da tensão de trabalho. Esse "lixo" indutivo produz um aumento da corrente que circula nas instalações e são injetadas também na rede elétrica de outros consumidores. 
Para isso a concessionária atribui valores mínimos de fator de potência de 0,92. Isso significa que a indústria só pode injetar esse lixo reativo de 8% no sistema elétrico. Esse valor foi atribuído, pois a concessionária, tem instalado em suas subestações a correção automática para prover esse balanço.
Caso o consumidor, não atenda a essa diretriz, será cobrada a diferença como consumo indutivo. Essa medição/registro é efetuada a cada 15 minutos.
Em caso de ultrapassagem, além do consumo é cobrado também multa. Isso por si só representa custo (energia tem que virar dinheiro, não prejuízo) elevado para a empresa.
O Fator de potência pode ser corrigido na fonte de consumo:
Barra de transformadores e no acionamento de cargas reativas elevadas. 
Nesta análise, a correção do fator de potência, é calculada pela condição de carga mínima. 
A correção adequada é conseguida com a instalação de banco de capacitores controlado por controlador específico para isso. Esse controlador pode ser comandado para um set point adequado para o melhor desempenho da instalação. 

Se, o controlador, estiver programado para 0.92, significa que atende a norma da concessionária, reduz o custo energético e zera a multa. Porém, se uma carga elevada for acionada, o fator de potência reativo abaixa, e esse parâmetro não é alcançado. É seguro estabelecer um set point acima de 0.92 e próximo a 1,0.  Sem nenhum risco de chegar a 1,0. Fator de potência acima da unidade (Capacitivo) produz aumento de tensão no sistema com risco de queima em todos os equipamentos, principalmente os mais sensíveis. O valor ideal deve ser entorno de 0,97 e 0,98.
Porque colocar o Fator de potência mais elevado do que o exigido:
De 0,92 a 0,98, há uma diferença de 0,06 pontos. Significa direto que a sua conta de energia, terá uma redução mensal de 6% do valor. Essa redução, normalmente paga o sistema em três meses de operação.

 
Fator de potência equilibrado vai proporcionar.
Redução de perdas por efeito Joule (aquecimento dos condutores);
Aumento da vida útil de cabos e equipamentos;
Redução de custo de energia;
Possibilidade de agregar mais cargas ao alimentador.

www.michelonenergia.com.br
  

 
A Regina Michelon
Enviado por A Regina Michelon em 21/02/2019
Reeditado em 21/02/2019
Código do texto: T6580711
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
A Regina Michelon
Simões Filho - Bahia - Brasil
568 textos (48661 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/19 21:05)
A Regina Michelon

Site do Escritor