Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ACRÓSTICO - 1968

ACRÓSTICO QUE FIZ PARA MINHA IRMÃ VERA MARISA,
QUANDO COMPLETOU 15 ANOS(1968).






Verás que sempre, como hoje e a cada instante,
E nos dias frios e nos mais ardentes
Rima sem tréguas com a dor que inda não sentes
Aquele amor que buscas e que te espera adiante!

Mereces tanto por seres tão menina,
Aos teus encantos tudo se permite,
Rende-se o pranto que tua idade não anima,
Imita o eterno teu momento sem limites.
Sendo, porém, a vida realidade, e dura,
Aceita a luta, onde serás mais pura!


(1968)
José Pedro Mattos Conceição
Enviado por José Pedro Mattos Conceição em 22/04/2010
Código do texto: T2213068


Comentários

Sobre o autor
José Pedro Mattos Conceição
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 73 anos
657 textos (18687 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/02/20 21:56)
José Pedro Mattos Conceição