Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
    “VOSSA EXCELÊNCIA”
 
Excelência conforme o Aurélio,
É estar acima de tudo;
Na peça teatral, cenário,
Da piada que vejo, contudo.
 
O Aurélio do verso acima,
É o dicionarista;
Senão o outro pega a fama,
Já que é oportunista.
 
Um bando que ainda resiste,
Não sei até quando aguenta;
Não agrada, mas insiste,
Até que uma hora arrebente.
 
Na reunião de quinta-feira,
Mais um ato da peça montada;
Impunidade na esteira,
Foi mais uma, alfinetada.
 
Descobri o real das letras,
“STF” Sistema;
Trágico Feudal, penetras,
Aqui existe um esquema.
 
Nosso feudo é antigo,
Conquistado com negociatas;
No executivo, investigo,
E  no congresso, mamatas.
 
Mas surgiu o doutor Moro,
Que prendeu o lularápio;
Com caráter e decoro,
Só mostrando que tem brio,
 
Prendeu o grande ladrão,
Causou inveja e despeito;
Agiu assim de supetão,
Tivemos que dar um jeito.
 
Somos onze, ele é um só,
O salário é nababesco;
Nosso “serviço” moroso,
Um jeitinho novelesco.
 
O nosso orgulho ferido,
Todas nossas mordomias;
Somos vis seria percebido,
Ao lixo, a jurisprudência.
 
Excelência é JESUS,
Poderoso, porém humilde;
O inocente filho de DEUS,
Um exemplo de bondade.
 
 
 
 
 
 
 
Gilberto Eduardo Torres e DEUS
Enviado por Gilberto Eduardo Torres em 08/11/2019
Código do texto: T6790233
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gilberto Eduardo Torres
Campinas - São Paulo - Brasil, 80 anos
1730 textos (30938 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/11/19 21:43)
Gilberto Eduardo Torres

Site do Escritor