Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
    “VOSSA EXCELÊNCIA”
 
Excelência conforme o Aurélio,
É estar acima de tudo;
Na peça teatral, cenário,
Da piada que vejo, contudo.
 
O Aurélio do verso acima,
É o dicionarista;
Senão o outro pega a fama,
Já que é oportunista.
 
Um bando que ainda resiste,
Não sei até quando aguenta;
Não agrada, mas insiste,
Até que uma hora arrebente.
 
Na reunião de quinta-feira,
Mais um ato da peça montada;
Impunidade na esteira,
Foi mais uma, alfinetada.
 
Descobri o real das letras,
“STF” Sistema;
Trágico Feudal, penetras,
Aqui existe um esquema.
 
Nosso feudo é antigo,
Conquistado com negociatas;
No executivo, investigo,
E  no congresso, mamatas.
 
Mas surgiu o doutor Moro,
Que prendeu o lularápio;
Com caráter e decoro,
Só mostrando que tem brio,
 
Prendeu o grande ladrão,
Causou inveja e despeito;
Agiu assim de supetão,
Tivemos que dar um jeito.
 
Somos onze, ele é um só,
O salário é nababesco;
Nosso “serviço” moroso,
Um jeitinho novelesco.
 
O nosso orgulho ferido,
Todas nossas mordomias;
Somos vis seria percebido,
Ao lixo, a jurisprudência.
 
Excelência é JESUS,
Poderoso, porém humilde;
O inocente filho de DEUS,
Um exemplo de bondade.
 
 
 
 
 
 
 
Gilberto Eduardo Torres e DEUS
Enviado por Gilberto Eduardo Torres em 08/11/2019
Código do texto: T6790233
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Gilberto Eduardo Torres
Campinas - São Paulo - Brasil, 80 anos
1835 textos (32949 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/07/20 21:17)
Gilberto Eduardo Torres

Site do Escritor