Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
==========================================
"No gelo da indiferença ocultam-se as paixões."

Florbela Espanca (1894/1930)
Poetisa e contista portuguesa de Alentejo, foi uma
das primeiras feministas de Portugal.
==========================================

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
A TROVA DO DIA - XIII
 
====================================
" REBOQUE "
========

  
Eu não sei viver sem poesias,
Sem expor meus sentimentos,
O amor envolve os meus dias,
Entre bons e maus momentos.

=========================================


-------------------------------------------------------
N.A.: "A TROVA DO DIA" é um projeto de publicação em série de quadras poéticas de minha autoria por tempo indeterminado. Maiores informações a respeito constam das sete primeiras publicações.
--------------------------------------------------------

 
=======================================
Abraços
=======================================


Interações (meus agradecimentos):

26/04/19 01:17 - Cleir
Ser poeta é assim
Um verso aqui
Outro verso ali 
Muita poesia sim.
---------------------------------------

26/04/19 05:18 - marciusantos
Esta alma inquieta 
Natural que provoque 
Outra alma poeta 
E nos leve a reboque. 
---------------------------------------
26/04/19 15:31 - Luiza De Marillac Michel
Poetar é teu dom
Em fascínio amoroso
Amarelo edredom
Amor primoroso.  
---------------------------------------
26/04/19 15:42 - Norma Aparecida Silveira Moraes
A POESIA É O ACALENTO
É CATARSE, É ALEGRIA
MUITO BOA PARA A MENTE
TRÁS PARA ALMA HARMONIA.
---------------------------------------

27/04/19 13:26 - António Souza
A poesia é teu grande talento
dela fazes a tua alegria
brinda-nos com sabedoria
e faz-nos sentir um novo alento.
---------------------------------------

29/04/19 20:59 - Uma Mulher Um Poema
A poesia corre em suas veias
Onde revela os seus sentimentos
Nas horas de alegria e tristeza
Cultuando o amor a todo momento.
---------------------------------------
POETA OLAVO
Enviado por POETA OLAVO em 26/04/2019
Reeditado em 01/05/2019
Código do texto: T6632585
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
POETA OLAVO
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 77 anos
1076 textos (29811 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/05/19 17:49)
POETA OLAVO