Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POR AMOR

Ontem à noite morri lentamente
Só de pensar em te perder um dia
Quantas vezes se morre de amor em uma única vida?

Eu, desde cedo, aprendi a ser forte, lutar e vencer
Mas às vezes sinto-me fraca e fujo
Não vejo vergonha em fugir

Escondo-me dentro das poesias
São nelas que sempre encontro respostas
Mas não se foge da morte, muito menos do amor

Ao imaginar a minha vida sem a tua
O meu mundo perdeu a cor, e vi o inferno
Meu amor, meu amado, perdoe-me

Desesperada, pedi que, em nome do meu amor
Fosse-me concedida, por misericórdia, a morte
Sou aquela que não poderá viver sem o teu amor

Vou rasgando a dor deste pensamento infeliz
Meu coração devora-o... Amputa-o de mim
Quando olho nos seus olhos, vejo o meu destino

Quantas vezes se morre de amor em uma única vida?
Por ti... Ó meu amor!

Eu morro e renasço quantas vezes for preciso!




Luamor
________  



"Eu te consagrei rainha.
Existem mais altas que tu, mais altas.
Existem mais puras que tu, mais pura.
Existem mais belas que tu, mais belas.

Tu, porém, és a rainha.

Pablo Neruda





 Ouçam o que estou ouvindo 





_______________________________________

Uma honra a interação do mestre Jacó Filho, obrigada, amei!, Lua

Esse amor que nos mata,
E depois nos ressuscita,
É por quem a alma grita,
Numa loucura sensata...
 
Jacó Filho
Luamor
Enviado por Luamor em 02/03/2021
Reeditado em 03/03/2021
Código do texto: T7196809
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Luamor
São Paulo - São Paulo - Brasil
1112 textos (89014 leituras)
17 áudios (981 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/04/21 07:31)
Luamor