Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
ENQUANTO DORMIAS
Em plena madrugada, enquanto dormias
O tempo passava, pássaros cantarolavam
A aurora já anunciava o nascer de um novo dia.
 
Plena de si, olhar sereno em seu descanso
Entre cobertas de pano, respirar suave
Renascias como rio em pleno remanso.
 
Era um anjo que tocavas a alma?
Emblemático sonhar correndo nos campos,
As flores, o vento no rosto os traziam calma.
 
Musa libérrima, deusa Afrodite encantada
Como eu queria fazer parte desse sonho,
Sonho que te faz sorrir em plena madrugada.
 
Eu menino, suspiro e abraço a minha agonia
Seus doces beijos permeiam minha miragem
Envolto nesse tormento enquanto você dormia.
JOEL MARINHO
 
 
 
 
 
Joel Marinho
Enviado por Joel Marinho em 15/08/2019
Reeditado em 15/08/2019
Código do texto: T6720642
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Joel Marinho). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joel Marinho
Manaus - Amazonas - Brasil, 44 anos
718 textos (8732 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/19 08:55)
Joel Marinho

Site do Escritor