Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ACHADO, poema de CDA- Aula no ensino fundamental


“Aqui, talvez, o tesouro enterrado / há cem anos pelo guarda-mor.  / Se tanto o guardou, foi para os trinetos, / principalmente este:  o menor.  //   Cavo com faca de cozinha, cavo / até, no outro extremo, o Japão  / e não encontro o saco de ouro / de que tenho a mor precisão // para galopar no lombo dos longes / fugindo a esta vidinha choca. / Mas só encontro, e rebola, e foge,  / uma indignada minhoca.”
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO
1-Quem é o GUARDA-MOR?  -  O trisavô do poeta.
2-Quem é TRINETO?  -  O poeta, que é o trineto do guarda-mor.
3-O que ele PROCURA?  -  O tesouro enterrado pelo guarda-mor, seu trisavô.
4-De que é formado o TESOURO procurado pelo poeta?  -  De um saco de ouro.
5-Para que ele quer um TESOURO?  -  “...para galopar no lombo dos longes / fugindo a esta vidinha choca.” - Vidinha choca = aborrecida, parada, monótona.
6-Consegue ENCONTRÁ-LO?  -  Não.   Ele não encontra  o tesouro e infelizmente, só descobre “e rabeia / uma indignada minhoca”.
7-Que ELEMENTO DA NATUREZA protege e esconde o possível tesouro do guarda-mor e qual o INSTRUMENTO de trabalho do poeta?  -  A terra.  No texto, “...o tesouro enterrado (...) Cavo...” - seu instrumento de trabalho é apenas uma faca de cozinha.
8-O que quer dizer “MOR PRECISÃO”?  -  Mor= maior, palavra de vocabulário antigo.  Mor precisão, grande necessidade
9-Quantas GERAÇÕES existem entre o guarda-mor e o trineto?  Quais?  -  Três:  a do bisavô, a do avô e a do avô do poeta.
Família  - o poeta aponta 5 gerações:
Trisavô, guarda-mor que “teria enterrado” o tesouro / bisavô, filho do trisavô / avô, filho do bisavõ / pai, filho do avô / filho, trineto em relação ao trisavô, o cavador do tesouro.
10-Que espaço de TEMPO é “cem anos”?  Diga isto numa só palavra, que é  por sinal um substantivo coletivo.  -  Século:  um século, termo coletivo ref. a cem anos
11-Trisavô é o pai do nosso  bisavô.
12-Quem testemunha a ação do poeta de CAVAR?  - Uma indignada minhoca
13-Por que a MINHOCA ficou indignada?  -  Porque o poeta estava justamente cavando no local onde ela estava alojada.
14- O que quer dizer “INDIGNADA”?  Dê outros exemplos com o prefixo latino in- (sign. não)  -  Indignada =  aborrecida, zangada, furiosa.  /  impossível, infiel, incapaz, irreal, imexível.
15-No poema, através do VOCABULÁRIO, podemos  confirmar o antigo (A) e  novo (N).  Anote duas palavras que os documentam:
Vocabulário antigo (A), fora de uso  -  mor (mor precisão = maior precisão).
Vocabulário novo (N), ainda em uso  -  menor (trineto menor = mais jovem, caçula).
16-Marque o valor dado à palavra “VIDINHA” -
( X ) Afetividade.                 (    ) Tamanho.
17-“...esta vidinha CHOCA” / choca = sem graça.  -  Marque a frase em que a palavra “CHOCA” tem o mesmo significado da palavra acima:
(    ) No meio da estrada, um carro se choca com o outro  (sentido de bater, colidir).    (    ) A Galinha está quieta, enquanto choca alguns ovos.   (    ) Com sua atitude agressiva, ela chocou os adultos presentes.   (    ) A choca conduz o gado ao mato.    ( x ) A limonada está inteiramente choca!
18-O guarda-mor guardou o tesouro PARA ESTE TRINETO.  -  Substitua as palavras grifadas pela expressão correspondente, de acordo com o texto:
(   ) para você.   ( x ) para mim.   (    ) para ele.
19-Explique o que quer dizer “...para galopar NO LOMBO DOS LONGES / fugindo a esta vidinha choca...”  -  O poeta quer o tesouro (saco de ouro = muito dinheiro)  para poder viajar, ir para bem longe do lugar onde vive a sua “vidinha choca”.
20-O TESOURO realmente existe ou é fruto da imaginação do narrador?  Justifique sua resposta,seja afirmativa ou negativa.  -  O tesouro?  Está mais para ser fruto de sua imaginação.  Ele não tem mapa, cava ao acaso, nada encontra de real importância - até a minhoca foge dele.
                                     - - - - -
Autor - CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE   e  cavador - trineto do guarda-mor.  //  CDA - Nasc. Itabira do Mato dentro, MG - 1901.
                                       - - - - -
MINI REDAÇÃO --- VISÃO PESSOAL (opinião)  -  Para você, em sua vida, o que seria o TESOURO IDEAL e para quê?  -  Resposta:  mínimo de 5 linhas.

                                               F  I  M
 
 
 
Rubemar Alves
Enviado por Rubemar Alves em 29/07/2017
Código do texto: T6068082
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rubemar Alves
Salto - São Paulo - Brasil, 50 anos
475 textos (13383 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 14:53)
Rubemar Alves