Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os gêneros literários e o modernismo: polêmica e vanguarda: FONTE:http://www.juliobattisti.com.br/tutoriais/adrienearaujo/literatura002


“ A arte não é a verdade, mas a mentira que nos ensina a compreender a verdade”.
                                                         Pablo Picasso

A TEORIA (clássica) DOS GÊNEROS

     Platão e Aristóteles: lírico, épico e dramático.

     Novos gêneros: impressionismo lírico, o romance histórico, drama (Shakespeare), epopeia (Camões), novela, conto, crônica...
 
    Séc. XIX: Baudelaire e Victor Hugo

_____

Como tudo começou no modernismo?

FONTE: http://www.google.com/imgres?q=VANGUARDAS+NO+MODERNISMO+BRASILEIRO

FONTE: http://www.google.com/imgres?

_
Tema dos gêneros: redescobrir os brasis
   
A). Discussão de temas da época de guerras:
Solidão, melancolia; perda do sentido da vida;
As grandes cidades e a violência;

B). .Das inquietações às realidades do Brasil:
Verso livre, conto e romance (ironia e paródia),
A poesia de Pau-Brasil e a antropofagia,
Ufanismo ingênuo: Verde-amarelismo,
Regionalismo em G. Rosa, Grac. Ramos, na poesia de  João Cabral e no teatro de Ariano Suassuna.

______

LOCI DOS GÊNEROS NO MODERNISMO:
TENDÊNCIAS /GRUPOS

Pau-brasil (1924): progresso/ primitivismo  (Pindorama), crítica ao eurocentrismo;

Antropofagia: Devoração-canibalismo ritual -literária do estrangeiro, contra o patriarcalismo e o capitalismo.

Verde-amarelo e Grupo da Anta: Cassiano Ricardo,
     Menotti del Pichia, Plínio Salgado, outros.
      Poesia ingênua das etnias e da origem do Brasil
      Valorização da cultura tupi.

________

Consoada
Manuel Bandeira,
Poesia completa e prosa. Aguiar: RJ.
    Quando a Indesejada das gentes chegar (Não sei se dura ou caroável), talvez eu tenha medo. Talvez sorria, ou diga: - Alô, iniludível! O meu dia foi bom, pode a noite descer. (A noite com os seus sortilégios.) Encontrará lavrado o campo, a casa limpa, A mesa posta, Com cada coisa em seu lugar.

________

           Ode ao Burguês, de Mário de Andrade
 
    Eu insulto o burguês! O burguês-níquel, (...)dono das tradições! Fora os que algarismam os amanhãs! (...)sempiternamente as mesmices convencionais! (...)Ódio fundamento, sem perdão!
    Fora! Fu! Fora o bom burguês!...

        FONTE:  www.jayrus.art.br/Apostilas/LiteraturaBrasileira
________________

CONCLUSÃO

Os gêneros literários: visualidade e criatividade nas vanguardas deslocadas como posicionamento ideológico;
A ironia e a paródia: crítica ao eurocentrismo e passadismo;
Valorização da cultura brasileira e as etnias dos anos 1920 a presença do migrante, o sertanejo e o cabouclo  no regionalismo dos anos 1940;
A liberdade de expressão aliada à linguagem informal e ao verso livre, CONQUISTAS DE GÊNERO MODERNO.
A geração de 1945 agregará valores - o intimismo e o regionalismo à literatura brasileira, mais flexível, sem se afastar das demandas do modernismo da primeira fase.
__________

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

AMOROSO LIMA, Alceu. Estudos literários. Rio de Janeiro: Aguilar, 1966. v. I.
ANDRADE, Mario de. Aspectos da literatura brasileira. São Paulo/Brasília, Martins/INL, 1972.
ANDRADE, O. Falação. In: CAMPOS, H. Poesias reunidas O. Andrade. São Paulo, Difel, 1966. p.68.
BRASILEIROS: Revista mensal de cultura, reportagens, nov. de 2011, nº 52, www.brasileiros.com.br
COUTINHO, Afrânio. A critica literária no Brasil. Rio de Janeiro: Livraria Acadêmica, 1968, pp. 115-157
TUFANO, Douglas. Estudos de literatura brasileira. Moderna, 1995.
FARACO & MOURA. Língua e literatura. Ática, 1995. p. 53.



J B Pereira e FONTE:http://www.juliobattisti.com.br/tutoriais/adrienearaujo/literatura002
Enviado por J B Pereira em 28/01/2013
Código do texto: T4110732
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (FONTE:http://www.juliobattisti.com.br/tutoriais/adrienearaujo/literatura002 ). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2269 textos (1189585 leituras)
14 e-livros (84 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/19 09:57)
J B Pereira