Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

E PRECISO NADA

E autodidata em poesia, não serei.

Pablo admirado, ornamento passado,
Respeitarei,
Em preâmbulos de desconhecimento.
Ciente de minha inadvertida inaptidão
Ignóbil e asquerosa ignorância as formas
Sentei-me a sombra de mestres e poetas ascensos
Onde logro sem sofrer, assimilar normas.

Na solidão meu claustro predileto
Ante a multidão componho melhores versos
Digo que não cinzelo, nem pincelo.
Artes outras, só. Aqui aprendo versos!
AUTOR: INEZTEVES
******************************
&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&
 Mote:
NÃO SE PODE FAZER NADA SEM SOLIDÃO
19-07-2010
*******************************
############################
INEZTEVES
Enviado por INEZTEVES em 19/07/2010
Código do texto: T2386347
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
INEZTEVES
Japeri - Rio de Janeiro - Brasil
1383 textos (114884 leituras)
296 áudios (29030 audições)
2 e-livros (118 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/08/20 14:00)
INEZTEVES