Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



:: Crédito de imagem ::
Bordados Rococó

Ateliê Laline Zacarkim


COMO COMPOR POESIA LÍTERA ROCOCÓ
Teoria Literária #055: 

Um novo jeito de lapidar versos, criado a quatro mãos pelos poetas Bosco Esmeraldo e Aila Brito.
Uma poesia simples, mas com um toque singelo de elegância e realce, tal a música, arquitetura e até mesmo os bordados rococó. Nossa homenagem a esse estilo surgindo na França na metade do Século XVIII.

Etimologia: de rococó, arte surgida entre o período barroco e o romantismo nos meados do séc. XVIII.
Ponto forte: Exploração das figuras de linguagem, uso de anagramas, trocadilhos. Revelar ou realçar os valores dos mínimos ao máximo e do máximo ao mínimo. Talvez, diria, um toque de Midas a abrilhantar a peça em lapidação.
Quatro estrofes, um quinteto, um terceto, um quarteto e um monóstico, a chave de ouro.
Versos modulares.
No quinteto, frases compostas de três orações curtas.
No terceto, frases curtas,
No quarteto, frases compostas de duas orações mais curtas que do quinteto.
Quinteto livre no fraseado, mas rimado conforme modelo abaixo.
Métrica livre.
Rimas sugeridas:
ABABA CBC DCCD C
ABBAC BCB DEDE D
ABABC CBA DEED E
ABABA CBC DEED D
ABABA ACB DEEB A
ABABA CBD EFFE D
 
Significado de Rococó:
adj. e s.m. Diz-se de, ou estilo artístico que floresceu na Europa ocidental e dominou grande parte do séc. XVIII, do fim da época barroca até a gênese do pré-romantismo, e que se caracterizava pelo excesso de ornatos.
P. ext. Rebuscado, arte bem rebuscada, com muitos floreios. Poesia esmerada. 
Lítera - literatura, letra; Rococó - Movimento cultural surgido na França nos meados do séc. XVIII, entre o  período barroco e o pré-romantismo. Portanto, Lítera Rococó é uma poesia que explora e retira o belo do feio, a ordem no caos e o feio, a luz das trevas, o tudo do nada. Uma poesia destacada pela leveza e elegância às claras ou nas entrelinhas.


Bem-vindos ao estilo Lítera rococó!
Que venham belos e brilhantes versos.

Fontes:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Rococ%C3%B3
http://www.dicio.com.br/rococo/


Video sugerido:
https://www.youtube.com/watch?v=9CfNb40dG1w
Johann Christian Bach (1735-1782) Piano Concertos


FIOS DE OURO EM LÍTERA ROCOCÓ

Bosco Esmeraldo


Vivo arte, poesia, surgente;
Sim, destarte, proseio, divago.
Sinto o fluir, fulgurante, latente,
Prosa poética, esta prosaica, tempo vago.
Deixa fluir, é tudo lírico; dom surgente.

Assim surfo e prossigo,
Do lirismo sinto o afago,
E quase sempre consigo.

E assim, me dou por mim,
Nado e entro noutra dimensão,
Vejo em toda extensão
Brotando botões de carmim.

Fios de ouro em profusão.

 

   Lítera rococó #001


Alelos Esmeraldinus e Aila Brito
Enviado por Alelos Esmeraldinus em 08/09/2015
Reeditado em 10/11/2015
Código do texto: T5374432
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Alelos Esmeraldinus
Gama - Distrito Federal - Brasil, 95 anos
3763 textos (171974 leituras)
206 áudios (13483 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/08/20 08:01)
Alelos Esmeraldinus