Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coaching e espiritualidade cristã, ludoterapia, fluxodramas, terapias de apoio...

Psicologia comportamental
No início da segunda década do século XX, os pesquisadores Edward L. Thorndike e John Watson iniciaram os estudos sobre o que se tornaria a psicologia comportamental, um ramo que restringe a observação das interações entre pensamentos e as ações realizadas pelos indivíduos. Devido a essa essência, esse ramo da psicologia se distanciou por completo da neurociência, que começava a dar seus primeiros passos na academia na mesma época.

A psicologia comportamental nasceu com o objetivo de extrapolar os campos de análise do comportamento e focar seus esforços no desenvolvimento das pessoas, com base nos dados obtidos pela observação. De acordo com Thorndike e Watson, essa ciência tem o poder de prever e modificar ações, tendo como base suas atitudes e o meio como ele vive.

Descubra seu perfil comportamental
Clique na imagem abaixo e faça o teste no aplicativo do Facebook:
Águia, lobo, golfinho e tubarão.

http://www.ibccoaching.com.br/portal/comportamento/analise-comportamento-teste-perfil-comportamental/
_______________

O coaching existe desde a década de 1970 no campo pessoal (life ou personal coaching) e desde a década de 1980 no campo corporativo (executive ou business coaching). Desde então, vem evoluindo para abordagens específicas em nichos diversos, objetivando, a aquisição de novas competências técnicas, comportamentais, aumento de performance de indivíduos, times, empresas ou desenvolvimento de carreira.

http://priscilabellizzi.com.br/metodologia/
_______

“Ouçam agora, vocês que dizem: “Hoje ou amanhã iremos para esta ou aquela cidade, passaremos um ano ali, faremos negócios e ganharemos dinheiro”. Vocês nem sabem o que lhes acontecerá amanhã! Que é a sua vida? Vocês são como a neblina que aparece por um pouco de tempo e depois se dissipa. Ao invés disso, deveriam dizer: “Se o Senhor quiser, viveremos e faremos isto ou aquilo”. Agora, porém, vocês se vangloriam das suas pretensões. Toda vanglória como essa é maligna.” (Tiago 4:13-16)

“Assim diz o Senhor: Maldito é o homem que confia nos homens, que faz da humanidade mortal a sua força, mas cujo coração se afasta do Senhor…
Mas bendito é o homem cuja confiança está no Senhor, cuja confiança nele está”

(Jeremias 17:5-7)

“Assim diz o Senhor: “Não se glorie o sábio em sua sabedoria nem o forte em sua força nem o rico em sua riqueza, mas quem se gloriar, glorie-se nisto: em compreender-me e conhecer-me, pois eu sou o Senhor, e ajo com lealdade, com justiça e com retidão sobre a terra, pois é dessas coisas que me agrado”, declara o Senhor”

(Jeremias 9:23,24)

________________

'Cuidado para não substituir a teologia da prosperidade pela teologia do coaching, em ambas o deus que adoram é o mesmo: o homem." Pedro Pamplona

Aqui se aplica a mesma observação que fiz aos profissionais de coaching. Mesmo assim indico um ótimo texto escrito por Ícaro de Carvalho chamado Por que o empreendedorismo de palco irá destruir você. O autor começa com uma afirmação que capta bem o ponto onde quero chegar:

“O empreendedorismo é a nova religião do homem moderno. Materialista e secular, ele substituiu os Santos do seu altar por fotografias de homens bem sucedidos; os seus Evangelhos são livros como “O sonho grande” e “A força do Hábito”. Ele acredita, de alguma maneira, que tudo aquilo irá aproximá-lo do seu objetivo principal: sucesso, fama e dinheiro…de preferência agora!”³

 Ícaro de Carvalho. Por que o empreendedorismo de palco irá destruir você. Acesso em 28/12/2016

_________________

Coaching e o Cristão: vida cristã e desenvolvimento pessoal

Baixe o E-book de graça* na Amazon!
Meu presente especial para você!
Acesse agora >> http://coachmariaangelica.com.br/ebook-proverbios-em-31-dias-na-amdazon/

 A função do coach cristão é respeitar e auxiliar o cliente se desenvolver, identificar melhor seus dons e talentos, adquirir hábitos saudáveis, eliminar hábitos ruins que são resistências que estão impedindo o melhor desempenho em alguma área de sua vida.

É ajudá-lo(a) a aplicar os princípios bíblicos na gestão de sua vida pessoal, profissional e de seus negócios, na definição clara de seu propósito, na definição e desenvolvimento de sua missão de vida, para que você possa colher os frutos das sementes que Deus lhe deu.

Sucesso é…
Conhecer seu propósito na vida,
Crescer para alcançar seu máximo potencial, e
Plantar sementes que beneficiarão outras pessoas.

sucesso para você pesquisar mais:

Salmo 128
Provérbios 3.13 -26; 11.24,25; 12. 11;
Eclesiastes 6.5-8  e 11.6; 10.10; 9.7,10; 11.1,2
Efésios Ef 6.7
1Timóteo 6.7-9
2Timóteo 2.19
Deuteronômio 8.11-18.

Vocês não sabem que dentre todos os que correm no estádio, apenas um ganha o prêmio? Corram de tal modo que alcancem o prêmio. 1 Coríntios 9:24

Todos os que competem nos jogos se submetem a um treinamento rigoroso, para obter uma coroa que logo perece; mas nós o fazemos para ganhar uma coroa que dura para sempre. 1 Coríntios 9:25

Desempenho = Potencial – Interferências

Podemos muito bem fazer planos para o futuro,
mas o resultado final é o Senhor que produz.

Provérbios 16:1 Bíblia Viva

Referências Bibliográficas

COMISKEY, Joel. SCAGGS, Sam. WONG, Bem. Você pode ser um Coach. Editora MIC, 2010. 160p.

MACHADO, Geraldo Magela. Psicologia Humanista. Disponível em: <http://www.infoescola.com/psicologia/psicologia-humanista/>. Acesso em 23/11/16.

MARQUES, José Roberto. Pirâmide do Processo Evolutivo e o Coaching. Disponível em: <http://www.jrmcoaching.com.br/blog/piramide-do-processo-evolutivo-e-o-coaching/#>. Acesso em 23/11/16.

MARQUES, José Roberto. O Poder do Coaching e Níveis Neurológicos. Disponível em: <http://www.jrmcoaching.com.br/blog/o-poder-coaching-e-niveis-neurologicos/>. Acesso em 23/11/16.

Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa. Disponível em:<http://michaelis.uol.com.br/>. Acesso em 23/11/16.

Bíblia Online, versão NVI – Nova Versão Internacional. Disponível em: <https://www.bibliaon.com/>. Acesso em 23/11/16.


http://coachmariaangelica.com.br/o-que-e-coaching-cristao/

____________________________

o que é o coaching?

“Um mix de recursos que utiliza técnicas, ferramentas e conhecimentos de diversas ciências como a administração, gestão de pessoas, psicologia, neurociência, linguagem ericksoniana, recursos humanos, planejamento estratégico, entre outras visando à conquista de grandes e efetivos resultados em qualquer contexto, seja pessoal, profissional, social, familiar, espiritual ou financeiro”¹

como o coaching acontece?

“Conduzido de maneira confidencial, o processo de Coaching é realizado através das chamadas sessões, onde um profissional chamado Coach tem a função de estimular, apoiar e despertar em seu cliente, também conhecido como coachee, o seu potencial infinito para que este conquiste tudo o que deseja”²

http://www.ibccoaching.com.br/portal/coaching/o-que-e-coaching/ Acesso em 28/12/2016

https://pamplonapedro.wordpress.com/2016/12/28/teologia-do-coaching-a-substituta-da-teologia-da-prosperidade/
____________________

Um dos principais objetivos dos Programas de Coaching é promover o empowerment do coachee (cliente ou beneficiário do programa) e, para traduzir empowerment criou-se o neologismo “empoderamento”.

Luiz Eduardo Neves Loureiro
Diretor de Desenvolvimento Humano Organizacional

https://pt.linkedin.com/pulse/os-seis-pilares-do-coaching-luiz-eduardo-neves-loureiro
______________
Escuta do fundo do coração; abra -se à fe e à caridade...Jesus é o melhor companheiro da vida no mundo e porteiro da Eternidade feliz e santa,dinamicamente destinada aos amigos e santos e santas de Deus. Confessa seus pecados, arrependa-se e participe com fé e amor da missa, ame seu próximo e faça sempre o bem a todos, especialmente aos pobres, negros e mulheres, crianças e idosos e índios ... A vida é uma só e depois virá o Juízo final. Deus ama o pecador e não o pecado e a corrupção... Oremos pelo Brasil menos corrupto e sem violência. Somos todos filhos de Deus uno e trino. amém.

J B PEREIRA
___________

Toda experiência por pior que seja nos ensina a viver e a nos tornar melhores, quando sabemos aprender que o esvaziamento é a realidade humana mais complexa: a perda para saber conquistar patamares de superação do egocentrismo e narcisismo. Não é nada fácil. Há muitas dores pelas quais a roseira passa quando é podada pelo jardineiro e a vida e o tempo fazem a rosa vir forte e bela no tempo certo. O agricultor sabe a época certa de colher os melhores frutos e os colocar à sua mesa e à geladeira. Choramos e enxugamos as lágrimas: poucos os que se compadecem de nossas lágrimas e desaventuras. Veja o Menestrel de Shakespeare. Aí vi os provérbios mais ricos da minha vida. 'Nada será igual ao que foi o segundo atrás. Tudo muda o tempo todo do mundo. Como uma onda do mar..." Dos cacos, fazemos vitrais lijndos, soleiras, calçadas, artes, artesanatos, afrescos, mosaicos, etc. Dos casos, recompomos nossa vida... Zelamos por ser inteiro em outras experiências, perdemos e ganhamos - dialeticamente. Não somos perfeitos, mas desejamos apender a (sobre)viver e levar a vida como única e matéria-prima de salvação e trampolim de eternidade. Leia Gabriel Marcel, Edit Stein, Dom Bosco, Madre Cecília do Coração de Maria de Piracicaba, os místicos e pensadores de todos os tempos.... cada um tem um modo próprio de ver e sentir, refletir e abraçar e deixar a vida ser e estar no mundo... Amo a vocês.

J B PEREIRA

________

DAS LEITURAS ACIMA PODEMOS INFERIR

Deus não nos quer perdidos e vencidos, humilhados, mas sujeitos de nossa história, capazes de construir uma digna memória para o futuro.


Penso que em tudo se pode tirar proveito quando se tem sabedoria e serenidade. A sedução pela tecnologia e a imagem é forte na cultura do espetáculo e das facilidades do consumismo. O capitalismo predatória tem como contraponto um risco perverso do relativismo ético - o tudo vale, que  quase nada ou quase nem tudo vale... A ética está sendo varrida dos verbetes e de alguns discursos da (pós) modernidade.
As pessoas têm sede de amigos, de (auto)ajuda, de sustentação emocional, de pistas da inteligência interrelacional, do caminho cósmico-interior, da conversa e de atenção.
As tv, os celulares não substituem pessoas, nem poder, nem sexo, nem riqueza, nem misérias, nem beleza, nem fiúra, nem projeção social, o homem quer conquistar amigos e tem necessidade desesperante de se realizar e trabalhar diante da ideologia do descartável, do consumível, do desejo de serem amadas, reconhecidas e encorajadas.
As mídias nos dizem rápido, mas o coração e a mente são mentos para as sinapses existenciais, mas lentos ainda para integrar perder e danos do inverso existencial (expressão de Augusto Cury em Jesus, o Mestre dos Mestres).

Ideologizar ou mitificar o Coaching é uma atual tendência dos tempos atuais. O homem quer saída de sua angústia, dor, solidão, frustração, traição e fobias... Não aguenta adiar seus sonhos e demandas.
Carente de resposta e repleto de perguntas, não sabem aonde ir e onde responder tais inquietudes.
Vão atrás de esoterismos, magias, igrejas, grupos, literaturas de autoajuda, de conversas e terapias de grupos e indivializantes, risos e cores da sociedade de consumo, cinema, arte, filosofias, viagens, consumismos, bebidas, drogas, tantas e tantas tendências e modismos.

Prometem um homem novo, quando o Evangelho propõe o Amor Exigente e o AA os 12 passos...
O homem novo está na gratuidade da vida que se rebela e (re)vela por um mistério (in)sondável de paradoxos e buscas instigantes de criatividade e coragem de dar sentido ao que parece não ter sentido.
Nesse sentido, o coaching para a vida - do presente ao futuro - pode ser interessante. O cuidado e não fazer do homem seu super -homem.
Uma rede de ações e atitudes: amor, compaixão e ousadia  são bons quando não nos tornam autossuficientes. Pois não os bastamos a nós mesmos/mesmas.
Precisamos um dos outros e das outras para construir história e a memória do passado no presente pode incidir no futuro. Articular perspectivas das neurociências e a teologia (não prosperidade como única causa da riqueza como bênção de Deus para seus eleitos. Pois senão Jesus não teria nascido pobre e nem morreria por nós numa cruz... humilhado, abandonado, torturado, rejeitado, traído, castigado no madeiro pelos homens pela fragilização do pecado, ressuscitado por um Deus amoroso e fiel  para sempre como senhor do bem e da história).
 
Elton Vitoriano Ribeiro
FAJE: Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia
31720-300 Belo Horizonte, MG/BRASIL

E-mail: eltonvitoriano@gmail.com
Link para a Revista


O livro Coaching y espiritualidad é uma introdução a um tema cada vez mais presente na vida cotidiana das pessoas e das empresas: a espiritualidade. Em uma espécie de treinamento, o autor introduz o leitor em um processo de autorreflexão e de busca de suas potencialidades, inspirado na experiência cristã. O resumo do livro poderia ser assim descrito: ajudar as pessoas a se abrirem à mudança e à aprendizagem, e ir além dos próprios limites. A partir deste quadro referencial, o autor aborda temas como a confiança em si mesmo, nossas relações sociais, o desenvolvimento da vida espiritual, a busca pelas perguntas fundamentais da vida e os encontros que temos ao longo de nossas vidas e que nos constituem: encontro conosco mesmo, com os outros e com Deus.

Para o autor, a vida espiritual é vida de crescimento. Crescimento humano em todas as suas dimensões e que nos abre sempre aos outros; daí a importância da vida social e familiar. Mas também, é um enfrentar a realidade assim como nós a encontramos hoje com o progressivo esvaziamento religioso dos espaços públicos, o declínio da fé e das práticas religiosas. Todo este contexto atual aponta para a migração de uma sociedade em que a fé em Deus era dada por adquirida e não problemática para uma sociedade em que a fé é uma opção entre outras."

http://www.itf.org.br/coaching-y-espiritualidad.html
_____________

COACH, A ORIGEM

“Coach: do eslovaco “ko&#269;” do alemão “kutsche”, do neerlandês “koets”, do catalão “cotxe”, do italiano “cocchio” do espanhol e francês “coche” e do português “coxê”.


“Óia que beleza de carroça!”

A palavra “coach” é uma palavra da língua inglesa – que tem o significado literal de “treinamento” – mas a sua origem é húngara: “kocsi”. Kocsi é a palavra que se usa para denominar as pessoas que nasceram na cidade de Kocs, que fica no condado de Komárom-Esztergom, próximo ao rio Danúbio e da via que liga Viena, na Áustria, à Budapeste. Em Kocs, em algum momento entre os séculos XV e XVI (as fontes variam), começaram a ser produzidas um certo tipo de carruagem de quatro rodas, que foram muito cobiçadas à época devido ao seu extremo conforto ­- reza a lenda que esse tipo de carruagem foi a primeira a ser produzida com suspensão feitas de molas de aço – a essas carruagens bacanudas deram o nome de Kocsi Szeker, quase igual ao nome dado aos nativos da cidade.

O vocábulo “kocsi” era entendido pelos ingleses como “coach”.

Logo, o primeiro significado, fidedigno a origem da palavra coach é “carruagem”.

Em algum ponto do século XVIII, alguns autores sugerem entre 1830 – 1850, o termo passou a ser atribuído a professores e mestres de universidades com o significado de “pessoa responsável por auxiliar os estudantes na preparação de testes e exames”, uma espécie de tutor. Na Universidade de Oxford, o termo coach passou a ser sinônimo de “condutor”, “preparador”, “carregador” ou “tutor particular”.

Um fato que reforça a origem da palavra coach em Oxford é a lenda que diz que as famílias inglesas muito abastadas, quando em longas viagens, levavam servos que liam em voz alta, de fora das carruagens, para os seus jovens senhores, que estavam dentro das carruagens, quais lições eles deveriam estudar.

A essa forma de estudo, diziam que os jovens haviam sido “coached”, ou em uma tradução livre: “instruídos dentro da carruagem”.

Na mesma Oxford, não demorou muito para o termo ter outro significado, mais ligado aos esportes: o de “técnico” ou “treinador”. Os novos significados ganharam mais força quando as universidades americanas passaram a chamar destes modos os instrutores de seus atletas, tanto de esportes coletivos quanto individuais. Não demorou muito para a nova alcunha ser relacionada com instrutores de outras áreas como cinema, teatro, negócios e etc.

Apenas em 1950 o termo coach foi utilizado para fazer referência à habilidade de gerenciamento e desenvolvimento pessoal.
__

O Coaching Positivo

No final da década de 90 cientistas de alguns dos maiores centros de estudos em Psicologia da atualidade, tais como os das Universidades de Havard, Yale, Pennsylvania e Michigan, reuniram-se com o objetivo de compreender melhor os caminhos que levariam o ser humano à felicidade. Assim nascia a Psicologia Positiva. Comprometida com o estudo científico das potencialidades humanas, a Psicologia Positiva agrega ao clássico papel curativo da Psicologia convencional, também um caráter preventivo, essencial quando pensamos em qualidade de vida e no desenvolvimento pleno do potencial humano.

Neste sentido, o Coaching Positivo trabalha com os fundamentos da Psicologia Positiva. Para o Coaching Positivo o foco são as qualidades humanas, forças pessoais e comportamentos funcionais que o coachee já possui e que podem auxiliá-lo na conquista de seus objetivos. Isso não significa que os GAPs não sejam trabalhados. Porém, para o Coaching Positivo, a superação de um GAP não leva o indivíduo à sua zona de excelência. Além disso, estudos comprovam que pessoas felizes são mais produtivas e criativas, o que agrega uma importância adicional a todo trabalho que, tal como o Coaching Positivo, objetive o aumento dos níveis de felicidade do indivíduo.

Ou seja, o Positive Psychology Coaching é um novo campo da Psicologia Positiva, uma nova possibilidade de coaching, que trabalha com a felicidade, como elemento centra.

Segundo, Coaching Positivo é uma ferramenta de desenvolvimento e assessoria que busca o fortalecimento dos valores e qualidades positivos do indivíduo para atingir as metas desejadas.

http://www.vidadevalor.com.br/coaching-tudo-o-que-voce-sempre-quis-saber-mas-nunca-teve-para-quem-perguntar/

http://www.vidadevalor.com.br/coaching-tudo-o-que-voce-sempre-quis-saber-mas-nunca-teve-para-quem-perguntar/
_________________
J B Pereira e Pedro Pamplona e outros sites
Enviado por J B Pereira em 20/03/2018
Reeditado em 20/03/2018
Código do texto: T6285397
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2269 textos (1186896 leituras)
14 e-livros (84 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/19 21:50)
J B Pereira